Home Investimentos Volatilidade gera oportunidades em operações de Day Trade

Volatilidade gera oportunidades em operações de Day Trade

por Leandro Martins
3 min leitura

Aumento da volatilidade gera oportunidades em operações de Day TradeCom o aumento da volatilidade das principais ações da nossa bolsa de valores[bb], uma estratégia que poderá ser interessante é operar no mesmo dia, realizando o chamado Day Trade. Voltado para o investidor mais agressivo, o Day Trade consiste na operação de compra e venda de uma ação efetuada no mesmo dia, ou mesmo em sua ordem inversa (de venda e compra), também na mesma data. O intuito desta estratégia é aproveitar a grande volatilidade do mercado de ações

As operações de Day Trade são efetuadas com base em indicações visualizadas no início do pregão, de acordo com o gap apresentado após o leilão de abertura, figuras presentes no intraday com a utilização do candlestick de 1 minuto, além de mais algumas ferramentas (bandas de Keltner, média móvel da própria média móvel para stop etc) adaptadas principalmente para as ações da Petrobras e Vale.

As operações de Day Trade devem ser evitadas em ações com menor liquidez. Devido ao seu maior risco de manipulação e à super exposição do patrimônio ou mesmo alavancagem, as operações de Day Trade deverão ser efetuadas depois de muito tempo de experiência e treinamento. Há muitos investidores que tentam utilizar certos recursos na tentativa de obter sucesso, como: livro de ofertas, jornais, dicas, relatórios, “achômetro”, “caiu muito vou comprar” (e vice-versa), sites, fóruns, “o índice está subindo, vou comprar” (e vice-versa). Estratégias essas perdedoras e que no longo prazo levarão o investidor à falência.

Gostaria de destacar as maiores vantagens e desvantagens dessa modalidade de operação e o que é importante neste tipo de estratégia de curto prazo:

Vantagens

  • Dormir tranqüilo (sem risco de gap de abertura que pularia eventual stop);
  • Maior liquidez contra manipulação (operar papéis com alta liquidez);
  • Independência da tendência principal (indicações ao longo do dia de compra ou mesmo venda para ganhar com a queda);
  • Alavancagem (possibilidade de operar volume maior que apresenta na corretora).

Desvantagens

  • Maior rapidez na perda em caso de descontrole nas operações;
  • Alto custo operacional;
  • Tempo diário requerido;
  • Maior freqüência na ocorrência de ruídos.

É importante lembrar que a operação de Day Trade depende de alguns fatores relacionados aos hábitos do investidor[bb] e seus conhecimentos específicos. Por exemplo:

  • Requer tempo de aprendizado e experiência, visto que a estratégia é de alto risco;
  • Deve-se conseguir baixos custos operacionais, o que no longo prazo fará bastante diferença;
  • Sempre utilizar stop quando começar um Day Trade. Deverá encerrar a operação no mesmo dia;
  • Ter planilha de controle das operações para acompanhar os resultados e facilitar o pagamento de IR (este de 20%), onde 1% fica retido na fonte.

Confira um exemplo com a Vale, na última sessão, e as respectivas indicações destacadas no gráfico:

Operações de DayTrade - Exemplo com a Vale

Como podemos observar no gráfico acima, a adaptação das bandas de Keltner tem servido em VALE5 e PETR4 com bastante eficácia para indicar pontos de compra e venda no intraday em operações de Day Trade, aliadas a outras importantes confirmações que utilizam com base a Análise Técnica[bb].

Crédito da foto para freedigitalphotos.net.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.