Home Mercados Wall Street: Nasdaq fecha em baixa antes de balanços de grandes empresas de tecnologia

Wall Street: Nasdaq fecha em baixa antes de balanços de grandes empresas de tecnologia

De acordo com dados preliminares, o S&P 500 (SPX) teve variação negativa de 0,06%

por Reuters
0 comentário

O índice de tecnologia Nasdaq perdeu terreno nesta terça-feira, conforme o mercado aguarda uma série de balanços corporativos de alto nível e o Federal Reserve inicia sua reunião de política monetária.

O S&P 500 fechou nominalmente em baixa, depois de atingir uma nova alta intradiária, enquanto o Dow, de blue-chips, terminou em alta.

As ações da Alphabet Inc e da Microsoft Corp caíram nas negociações pós fechamento depois que as empresas divulgaram seus relatórios de lucros trimestrais.

“Há muita apreensão com o início da divulgação dos lucros das ‘sete magníficas'”, disse Peter Tuz, presidente da Chase Investment Counsel em Charlottesville, Virgínia. “As ações tiveram um desempenho incrivelmente bom e há um pouco de cautela sendo expressada neste momento e talvez com razão.”

Setores economicamente sensíveis, como o Dow Transports, chips e small caps tiveram desempenho inferior ao do mercado mais amplo.

O Departamento do Trabalho divulgou um aumento inesperado nas vagas de emprego, dando a entender que o mercado continua sólido demais para que o Fed considere a possibilidade de cortar sua taxa básica de juros já em março.

Espera-se que o Fed encerre sua reunião de política monetária na quarta-feira com uma decisão de manter sua taxa básica de juros em 5,25%-5,50%.

A declaração que a acompanha e a conferência de imprensa subsequente do presidente do Fed, Jerome Powell, serão analisadas em busca de pistas sobre o momento e o número de cortes nas taxas este ano.

(Imagem: Reprodução/Freepik/@TravelScape)
(Imagem: Reprodução/Freepik/@TravelScape)

“Vou procurar uma linguagem que corresponda ao enredo que esperamos ver em 2024, que em algum momento do segundo trimestre veremos o início de uma redução nas taxas”, acrescentou Tuz. “Vou ficar atento à linguagem que confirme que esse é o cenário mais provável.”

A temporada de balanços do quarto trimestre começou a se intensificar, com anúncios feitos até agora por 144 das empresas do S&P 500. Dessas, 78% apresentaram lucros que superaram o consenso, de acordo com a LSEG.

Em termos agregados, os analistas agora esperam um crescimento de 5,5% nos lucros do quarto trimestre em relação ao ano passado, acima dos 4,7% registrados no início do mês, mostraram os dados da LSEG.

A United Parcel Service caiu 8,2% depois que a empresa de entrega de pacotes emitiu uma previsão de receita anual decepcionante, pesando sobre transportes.

General Motors saltou 7,8% depois que a montadora apresentou uma previsão otimista de lucros para 2024 e prometeu mais retorno de capital aos acionistas.

A Ford Motor subiu 2,0%.

O S&P 500 (SPX) caiu 0,06%, encerrando em 4.924,97 pontos. O Nasdaq (US100) Index caiu 0,76%, para 15.509,90 pontos, enquanto o Dow Jones (DJI) subiu 0,35%, para 38.467,31 pontos.

Seis dos 11 índices setoriais do S&P 500 subiram, liderados pelo setor financeiro, com alta de 1,2%, seguido por um ganho de 1,01% no setor de energia.

O volume nas bolsas dos EUA foi relativamente baixo, com 10,3 bilhões de ações negociadas, em comparação com uma média de 11,5 bilhões de ações nas 20 sessões anteriores.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.