Home Empresas Walmart se recusa a ter botões de pânico em suas lojas

Walmart se recusa a ter botões de pânico em suas lojas

O principal executivo de assuntos corporativos da companhia disse à Reuters que os botões de pânico provavelmente causarão muitos alarmes falsos

por Reuters
0 comentário

O gigante do varejo Walmart (WMT; WALM34) afirmou que é contra a ideia de colocar botões de pânico em suas lojas, um item que seus clientes em Nova York poderão encontrar em breve nas prateleiras.

Na sexta-feira, o Senado do Estado de Nova York aprovou uma lei que exige que as grandes cadeias do varejo, incluindo o Walmart, coloquem botões de pânico em locais de fácil acesso de suas lojas, ou que deem aos funcionários botões de pânico portáteis ou ativados por telefonia celular.

O principal executivo de assuntos corporativos da companhia disse à Reuters que os botões de pânico provavelmente causarão muitos alarmes falsos.

Pânico falso

“Oito de cada dez vezes que alguém pensa que algo está acontecendo, na verdade não está”, disse à Reuters Dan Bartlett, vice-presidente executivo para Assuntos Corporativos da empresa.

O Walmart contratou um executivo para cuidar da segurança e “supervisionar toda a segurança física geral” de seus funcionários que estão em lojas, afirmou Bartlett.

O profissional chegou à empresa no dia 12 de abril, disse um porta-voz da companhia. Bartlett afirmou que não seria prático colocar botões de pânico em todas as lojas.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.