Home Empresas YouTube testa recurso que introduz “notas” de contexto em vídeos

YouTube testa recurso que introduz “notas” de contexto em vídeos

O recurso de notas no YouTube estará inicialmente disponível em dispositivos móveis para usuários nos EUA e em inglês

por Reuters
3 min leitura

 YouTube, da Alphabet, em breve permitirá que os usuários adicionem “notas” que fornecerão contexto sobre alguns de seus vídeos como parte de um novo recurso que inicialmente será lançado nos Estados Unidos, afirmou a empresa nesta segunda-feira.

O YouTube vai convidar certos usuários e criadores, como parte da fase inicial de teste, para escrever notas destinadas a fornecer “contexto relevante, oportuno e fácil de entender” sobre os vídeos.

As notas, por exemplo, poderão esclarecer quando uma música é uma paródia, apontar quando uma nova versão de um produto que está sendo analisado estiver disponível, ou informar aos espectadores quando imagens antigas são erroneamente apresentadas como eventos atuais.

A rede social X possui um recurso semelhante chamado Notas da Comunidade, que permite que colaboradores selecionados adicionem contexto às publicações, incluindo tags como “enganoso” e “fora de contexto”.

O recurso de notas no YouTube estará inicialmente disponível em dispositivos móveis para usuários nos EUA e em inglês. Nesta fase, avaliadores externos classificarão a utilidade das notas, o que ajudará a treinar os sistemas, antes de um possível lançamento mais amplo, disse o YouTube.

Os espectadores nos EUA começarão a ver notas nos vídeos nas próximas semanas e meses.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.