Home Empresas Zamp confirma que está “avaliando” a marca Subway no Brasil

Zamp confirma que está “avaliando” a marca Subway no Brasil

No curso dos seus negócios, "é comum a avaliação de novas oportunidades de investimento que possam gerar valor", disse a Zamp

por Gustavo Kahil
3 min leitura

A Zamp (ZAMP3), dona do Burger King e do Starbucks no país, disse nesta sexta-feira (29) que está “avaliando a oportunidade de desenvolvimento da marca Subway no Brasil”.

Segundo o comunicado, a empresa disse que, no curso dos seus negócios, “é comum a avaliação de novas oportunidades de investimento que possam gerar valor para a companhia e seus acionistas”.

Inicialmente, a notícia das negociações foi levantada pelo O Globo e explicava que a Zamp parece ser a provável candidata a fechar o negócio, embora outras empresas, como Vinci Partners, GA Capital e Giraffas, também estejam na disputa.

Subway não é um bom negócio

Segundo analistas, s aproximação da Zamp de uma compra das operações da Subway pode se tornar um fardo para empresa, que recentemente já adquiriu o Starbucks por aqui.

Em um relatório divulgado nesta sexta-feira (28), o Bradesco BBI destacou que, apesar das possíveis sinergias entre os negócios, é preciso avaliar este movimento com cautela.

“À primeira vista, apesar de enxergarmos sinergias entre os negócios, vemos como negativo esse novo movimento potencial”, explicam. A principal preocupação é que este pode se tornar um entrave às operações da Zamp no curto prazo.

Uma das razões para essa cautela é o poder de marca da Subway, que, na opinião dos analistas Felipe Cassimiro e Flávia Meireles, não é tão forte quanto o da Starbucks.

A força da marca é crucial para a recuperação das vendas, e a Subway pode não oferecer o mesmo nível de reconhecimento e atratividade que a Starbucks, “o que poderia limitar a recuperação das vendas”, afirmam os analistas.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.