Viver de Renda
Home Economia e Política Zelenskiy diz que Ucrânia precisa garantir “três vitórias” na frente internacional

Zelenskiy diz que Ucrânia precisa garantir “três vitórias” na frente internacional

Zelenskiy também se concentrou num pacote de 50 bilhões de euros da UE anunciado anteriormente para a Ucrânia

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Ritzau Scanpix/Mads Claus Rasmissen via REUTERS)

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, disse nesta sexta-feira que a Ucrânia precisa garantir três “vitórias” importantes no exterior, incluindo a aprovação de grandes pacotes de ajuda do Congresso dos Estados Unidos e da União Europeia, e um início formal de negociações de adesão para aderir ao bloco europeu. 

Vinte meses após a invasão em grande escala da Rússia, a fadiga parece ter se infiltrado nas relações do Ocidente com Kiev, que depende fortemente dos seus aliados para obter ajuda militar, econômica e humanitária para lutar contra as tropas do Kremlin.

Precisamos de três vitórias. A primeira é a vitória no Congresso dos EUA. É um desafio, não é fácil, mas a Ucrânia está fazendo de tudo”, disse Zelenskiy em coletiva de imprensa em Kiev.

Viver de Renda

O presidente norte-americano, Joe Biden, pediu ao Congresso a aprovação de bilhões de dólares em assistência à Ucrânia no mês passado, mas o financiamento a Kiev foi omitido de um projeto de lei orçamentária provisório aprovado na semana passada, levantando preocupações de que ele possa não ser aprovado.

Um bloco de republicanos se opõe ao envio de mais ajuda à Ucrânia. Os opositores disseram que o dinheiro dos contribuintes dos EUA deveria ser investido em casa, mas a maioria dos republicanos e democratas no Congresso ainda apoia o fornecimento de ajuda.

Zelenskiy também se concentrou num pacote de 50 bilhões de euros da UE anunciado anteriormente para a Ucrânia, mas que ainda não foi aprovado e até agora é contestado pela Hungria.

“A segunda é que precisamos da ajuda da UE no pacote de 50 bilhões de euros”, disse o líder ucraniano. “E a terceira é abrir um diálogo sobre a nossa futura adesão.”

Kiev espera que os membros da UE concordem, em uma cúpula nos dias 14 e 15 de dezembro, em lançar formalmente o longo processo de negociações para que Kiev se junte ao bloco, uma medida que segundo ele seria benéfica para a moral ucraniana.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Faça parte da rede “O Melhor do Dinheirama” com as melhores análises e notícias

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.