Empreendedorismo digital: Brasil, a “Arroba” da vez!Tenho lido diversas matérias em publicações internacionais sobre o Brasil. Edições especializadas ou não em tecnologia, a voz geral diz que chegou a nossa vez. O Brasil deixou de ser apenas referência em Carnaval, o país da Amazônia, do futebol, das empresas internacionais, como Petrobrás, Embraer e Vale, que muito nos orgulham, para ser referência em tecnologia e mercado digital.

O Brasil já ocupa o sétimo maior mercado de TI no mundo. Os bancos brasileiros são os mais inovadores nessa área, nossas eleições são informatizadas (com o resultado saindo quase que instantaneamente), temos produtos, empresas e profissionais de destaque em todo o ecossistema da tecnologia mundial.

Exatamente por isso, em muito em breve o Brasil será um dos três centros globais de tecnologia para pesquisa e desenvolvimento no mundo, disputando essa posição com a India e China, perdendo apenas para os EUA e o Japão.

Por outro lado e apesar de todo esse “boom brazuca”, infelizmente ainda temos vários problemas: legislação tributária ultrapassada, leis trabalhistas impeditivas e pouco ou quase nenhum apoio governamental (Federal, Estadual e Municipal).

Para completar os desafios, li uma nota em que o Ministério do Trabalho informava que não estamos formando engenheiros e e bacharéis em ciências da computação com rapidez suficiente para atender este crescimento e demanda. Precisamos de gente qualificada e com boa formação.

Os empreendedores, no entanto, estáo fazendo cada vez melhor a sua parte e têm colaborado bastante com iniciativas independentes e projetos tão bons quanto os similares nos grandes centros no mundo. Isso também tem atraido cada vez mais a atenção de investidores para o Brasil.

Vamos em frente! Somos a bola da vez! [email protected] Brasil… ops… Arriba Brasil!

Até a próxima – @JoaoKepler.

Foto de sxc.hu.

João Kepler

Comentários

  • Realmente temos muitos problemas. Mas burocracias e falta de especialização não irão mudar este ano ou no ano que vem. O diferencial é que o brasileiro não se apóia em desculpas. Percebemos que, com tantas dificuldades, se obtermos sucesso com empreendimentos aqui, levá-lo para outras partes do mundo será fichinha.

  • Pingback: Empreendedorismo digital: Brasil, a “Arroba” da vez!()