4 lições de vida de O Grande GatsbyLer um bom romance é o entretenimento predileto de muita gente. Mais do que isso, a história e os personagens podem inspirar atitudes positivas no leitor que as levam para sua rotina.

Figuras empreendedoras, reais ou fictícias, são um grande exemplo disso. O sucesso dessas pessoas, mesmo que muitas vezes novelesco, nos mostra como é possível alcançar objetivos por meio de trabalho duro.

No final de fevereiro, junto com a premiação do Oscar, publicamos um artigo sobre filmes que todo empreendedor deve assistir. Um apanhado de obras cinematográficas que certamente mexe com o espírito de “fazer acontecer” de qualquer um.

Agora com a nova adaptação de “O Grande Gatsby” para os cinemas, o assunto volta à tona. Publicado originalmente em 1925 por F. Scott Fitzgerald, “O Grande Gatsby” é uma crítica ao “sonho americano”.

Mesmo idolatrando os ricos e o glamour da prosperidade econômica dos Estados Unidos durante a década de 1920, pós Primeira Guerra Mundial, o autor não se conforma com o materialismo desenfreado e a falta de moral.

O enredo

A história de “O Grande Gatsby” se passa na cidade de Long Island, Nova Iorque, durante o verão de 1922 e tem como destaque o personagem Jay Gatsby – que por sinal dá nome à obra.

Gatsby é um milionário conhecido por promover festas em sua mansão. A fonte de sua fortuna é um grande mistério que nem mesmo os convidados de seus bailes sabe dizer qual é. Tudo aponta que o “herói” esteja relacionado com atividades ilícitas.

Mesmo assim, o personagem e a história podem nos mostrar algumas lições de carreira e empreendedorismo.

1. Sua rede de contatos é seu maior patrimônio

O que pessoas poderosas e com boas condições financeiras têm em comum? Uma rede de contatos muito forte, onde a troca de informações e o apoio mútuo são incentivados.

Na história, temos Nick Carraway e Tom Buchanan entre os personagens principais, sendo que ambos frequentaram aulas em Yale. No decorrer da história, Tom, de família tradicional e rica, se torna primo de Nick através de um casamento, o que leva Nick a conhecer um novo mundo de riqueza e extravagância.

A realidade é que conhecer pessoas e se relacionar com elas é um ponto importante para descobrir novos horizontes e possibilidades. Contatos familiares, como o do exemplo, podem criar vínculos muito mais fortes e duradouros.

2. É você quem traça seu futuro

Reinvenção é uma boa palavra para citar a história de Jay Gatsby, uma vez que o personagem veio de uma família pobre e foi capaz de unir esforços para se tornar o milionário delirante que fez sua fama.

Motivado em conquistar o amor de Daisy, Gatsby conseguiu alcançar o poder e a riqueza que achava necessária dando mais uma lição para nós: determinação. Com a motivação certa, você é capaz de alcançar seus sonhos e objetivos, sejam eles pessoais ou profissionais.

3. Seja acessível aos outros

O costume de promover festas em sua mansão fez com que Gatsby recebesse muitas pessoas e, consequentemente, aumentasse sua visibilidade na sociedade.

Obviamente, nem todos podem criar encontros semanais, mas participar dos principais eventos de sua área de atuação – onde você sabe quem é quem – é uma atitude importante para ampliar ainda mais sua rede de contatos.

Afinal, se as pessoas podem conversar com você pessoalmente, será melhor do que uma troca de e-mails ou de tweets.

4. Faça seu dever de casa

Fazer seu dever de casa significa se preparar antes de qualquer coisa. Isso pode ser ligado ao fato de conhecer (mesmo) as pessoas com quem você se relaciona profissionalmente.

Gatsby foi capaz de alcançar o sucesso financeiro através de atitudes e negócios moralmente duvidosos, de forma manipuladora e mentirosa. Em outras palavras, ele pode ser visto como o tipo clássico de oportunista.

Na vida, você vai conhecer esse tipo de profissional, por isso é tão importante saber com quem você está lidando. Fulano é confiável? Quem são seus amigos? As pessoas acreditam em seu trabalho? O Google está aí para isso também.

Você pretende assistir “O Grande Gatsby” no cinema?

Independente de conhecer ou não a clássica obra de Fitzgerald, a história de Jay Gatsby e Nick Carraway merece ser vista na “telona”. O filme é dirigido por Baz Luhrmann (“Moulin Rouge”) e conta com os atores Leonardo DiCaprio e Tobey Maguire.

No IMDb, o filme está avaliado com nota 7,5/10, o que mostra que além de ter uma boa história, o filme parece ser bem produzido e interessante. A estreia de “O Grande Gatsby” no Brasil acontece hoje, 7 de junho.

Lembre-se de deixar suas considerações sobre a história e a nova adaptação da obra para os cinemas. A discussão continua nos comentários. Até a próxima.

Fonte: The Huffington Post. Foto: divulgação.

Willian Binder
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários