Home Empresas Ações da Netflix sobem com grande aumento de assinantes apesar das greves em Hollywood

Ações da Netflix sobem com grande aumento de assinantes apesar das greves em Hollywood

As ações da Netflix subiram para 396,20 dólares, colocando-as em curso para o maior ganho percentual em um dia em quase três anos

por Reuters
0 comentário
Netflix

A Netflix (NFLX34) mostrou resiliência ao conquistar mais assinantes no último trimestre do que em qualquer trimestre nos últimos três anos, apesar das greves dos roteiristas e atores de Hollywood, fazendo com que as ações subissem 14,5% nesta quinta-feira.

A Netflix tirou proveito de sua forte produção global, bem como das dificuldades econômicas de seus rivais, para atingir a marca de 247 milhões de assinantes no terceiro trimestre, um ganho de quase 9 milhões nos últimos três meses.

Foi o maior ganho trimestral desde que a pandemia de Covid-19 impulsionou um crescimento sem precedentes no início de 2020.

As ações da Netflix subiram para 396,20 dólares, colocando-as em curso para o maior ganho percentual em um dia em quase três anos, com a empresa a caminho de adicionar mais de 22 bilhões de dólares a seu valor de marcado.

“A administração merece um Emmy por administrar as expectativas dos investidores”, escreveram os analistas da Bernstein em uma nota, acrescentando que o compartilhamento pago abriu um mercado de assinantes potenciais maior do que o esperado para a Netflix.

Os resultados de rivais como Walt Disney, Paramount Global e Warner Bros Discovery mostrarão o impacto da paralisação de meses do setor, que começou em maio com a greve dos roteiristas de Hollywood.

Os membros da Sindicato dos Roteiristas da América (WGA, na sigla em inglês) chegaram a um acordo este mês, embora os atores, que abandonaram o trabalho em julho, continuem em greve.

(Imagem: Reprodução/REUTERS/Mike Blake/Arquivo)
(Imagem: Reprodução/REUTERS/Mike Blake/Arquivo)

As emissoras de televisão dos EUA preencheram seus programas de outono com repetições e reality shows, enquanto os serviços de streaming rivais atrasaram lançamentos e tiveram menos programas em idiomas estrangeiros do que a Netflix, que pôde produzir em mais de 50 países e idiomas.

“Devido à sua grande presença internacional, a Netflix está mais bem posicionada do que a maioria das empresas de entretenimento para preencher as lacunas de programação causadas pelas greves de roteiristas e atores”, disse o analista-chefe da Insider Intelligence, Ross Benes.

“Com o atraso nas produções originais dos EUA e com outras empresas de TV e streaming não mais detendo títulos exclusivos, espera-se que a Netflix volte ao passado, quando muitos de seus maiores programas eram licenciados”, disse Benes.

Uma adaptação em live-action da série japonesa de mangá, “One Piece”, que representou uma colaboração entre as equipes de conteúdo da Netflix nos EUA e no Japão, foi classificada como a melhor série em 84 países um feito que nem mesmo a popular série de ficção científica “Stranger Things” conseguiu.

Enquanto isso, o drama jurídico “Suits”, que foi ao ar pela última vez na USA Network em 2019, estabeleceu recordes de audiência quando chegou ao serviço de streaming um dos vários programas de televisão que a Netflix licenciou de concorrentes que estão encontrando novos públicos na Netflix.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.