Home Economia e Política Anistia para partidos cria PEC racista com cota de 80%

Anistia para partidos cria PEC racista com cota de 80%

Estão usando o anseio justo e o direito das mulheres no Brasil para aprovar essa anistia

por Agência Câmara
0 comentário

A comissão especial sobre a cota mínima de recursos dos partidos (PEC 9/23) marcou para esta terça-feira (26) a votação do parecer do relator, deputado Antonio Carlos Rodrigues (PL-SP).

A proposta impede punições a partidos políticos que descumpriram as cotas mínimas de gênero e raça nas eleições de 2022.

A reunião ocorre às 14h30, em plenário a ser definido.

Na semana passada, Rodrigues pediu tempo para analisar sugestões apresentadas durante a discussão da proposta.

A última versão apresentada pelo relator ao texto original da PEC, de autoria do deputado Paulo Magalhães (PSD-BA) e outros, inova ao reservar 20% das cadeiras do legislativo a mulheres a partir de 2026.

Nas próximas eleições municipais, a reserva será de 15% das vagas.

Os deputados Chico Alencar (Psol-RJ) e Fernanda Melchionna (Psol-RS) apresentaram votos em separado à PEC. “Estão usando o anseio justo e o direito das mulheres no Brasil para aprovar essa anistia.

Está em lugar errado, na hora errada”, criticou o deputado Chico Alencar. “Se votar como está, pode chamar de PEC racista, porque está criando uma cota de 80% para brancos em um País de maioria negra”, completou Melchionna.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.