Home Empresas Apple oferece desconto de 10% em iPhone 15 e vendas disparam na China

Apple oferece desconto de 10% em iPhone 15 e vendas disparam na China

A Apple registrou vendas de 16,37 bilhões de dólares na região no segundo trimestre fiscal encerrado em 30 de março

por Reuters
0 comentário

As vendas de iPhone na China aumentaram 12% em março depois que a Apple (AAPLAAPL34) e seus varejistas reduziram os preços do aparelho, de acordo com dados de uma empresa de pesquisa afiliada ao governo chinês.

Os embarques de celulares de marcas estrangeiras na China aumentaram 12% em março, para 3,75 milhões de unidades, ante 3,35 milhões no ano anterior, mostraram dados da Academia Chinesa de Tecnologia da Informação e Comunicação divulgados nesta quarta-feira.

Embora os dados não tenham mencionado explicitamente a Apple, a empresa é a fabricante estrangeira dominante no mercado chinês de smartphones. Isso sugere que o aumento nas remessas de aparelhos de marcas estrangeiras pode ser atribuído ao desempenho da Apple.

O aumento das vendas da Apple em março ocorreu depois de um esforço por descontos liderado pela empresa e vendedores terceirizados no período que antecedeu o mês, com alguns modelos do iPhone 15 oferecidos com descontos de até 10%.

Os cortes de preços parecem ter estimulado a demanda e contribuído para o crescimento da empresa no mercado chinês.

A Apple optou por não aumentar os preços em meio a um período difícil globalmente para as vendas de smartphones (Imagem: Reprodução/REUTERS/Loren Elliott/File Photo)
A Apple optou por não aumentar os preços em meio a um período difícil globalmente para as vendas de smartphones (Imagem: Reprodução/REUTERS/Loren Elliott/File Photo)

Isso representa uma reviravolta significativa em relação aos dois primeiros meses de 2024, quando a Apple registrou uma queda de 37% nas vendas, de acordo com cálculos da Reuters baseados nos dados da empresa de pesquisa.

Durante o primeiro trimestre deste ano, as vendas de smartphones da Apple na China caíram 19%, marcando seu pior desempenho desde 2020, de acordo com a empresa de pesquisa Counterpoint.

A principal razão para a queda nas vendas foi o lançamento e o sucesso de vendas de um smartphone de ponta da Huawei em agosto do ano passado.

A Apple registrou vendas de 16,37 bilhões de dólares na região no segundo trimestre fiscal encerrado em 30 de março, queda de 8,1%, mas acima das expectativas dos analistas de 15,59 bilhões de dólares, mostraram dados da Visible Alpha.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.