Home Empresas Apple reduz preços de Iphone na China para competir com Huawei

Apple reduz preços de Iphone na China para competir com Huawei

O esforço anterior da Apple em fevereiro parece ter ajudado a empresa a atenuar a desaceleração das vendas na China

por Reuters
0 comentário

A Apple (AAPLAAPL34) lançou uma campanha agressiva de descontos na China, oferecendo modelos de iPhones com preços reduzidos em até 2.300 iuans (318 dólares).

O desconto ocorre no momento em que a gigante da tecnologia dos EUA busca defender sua posição no mercado de smartphones topo de linha, onde enfrenta a crescente concorrência de rivais locais, como a Huawei.

A campanha, que vai de 20 a 28 de maio, é mais substancial do que a feita pela Apple em fevereiro.

Enquanto o maior desconto na campanha de fevereiro foi de 1.150 iuans, desta vez os descontos são de até 2.300. O maior desconto se aplica ao modelo de 1 TB do iPhone 15 Pro Max, enquanto outros modelos também sofrem cortes significativos nos preços.

Por exemplo, a versão de 128 GB do modelo básico do iPhone 15 tem um desconto de 1.400 iuans, de acordo com verificações da Reuters na segunda-feira.

O aumento da pressão competitiva sobre a Apple ocorre depois que a Huawei apresentou no mês passado sua nova série de smartphones de ponta, o Pura 70, após o lançamento do Mate 60 em agosto passado.

O esforço anterior da Apple em fevereiro parece ter ajudado a empresa a atenuar a desaceleração das vendas na China.

As vendas da Apple na China aumentaram 12% em março, de acordo com cálculos da Reuters baseados em dados da China Academy of Information and Communications Technology (CAICT).

Isso representa uma melhora significativa em relação aos dois primeiros meses de 2024, quando a empresa teve queda de 37% nas vendas.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.