Home Empresas Assembleia de credores da Light é suspensa e será retomada em 29 de maio

Assembleia de credores da Light é suspensa e será retomada em 29 de maio

Pelos termos propostos, a Light fará uma capitalização de até 1,5 bilhão de reais

por Reuters
0 comentário

Credores da Light (LIGT3) decidiram suspender a assembleia que acontece nesta quinta-feira para deliberar sobre o plano de recuperação judicial da companhia e retomarão a discussão em 29 de maio, disseram fontes à Reuters.

O pedido de adiamento partiu de debenturistas, que disseram não ter tido tempo hábil de analisar a versão atualizada do plano de recuperação judicial, afirmou uma fonte.

Previamente à assembleia, a Light já havia fechado acordos com parte relevante de seus credores, incluindo debenturistas e bancos, visando a aprovação do plano.

Apesar do adiamento, uma fonte próxima à companhia disse que está “bastante confiante” e que está “tudo muito bem encaminhado” para um acordo.

APRENDA COMO MULTIPLICAR E PROTEGER SEU CAPITAL INVESTIDO POR MEIO DAS CRIPTOMOEDAS E ACELERE A SUA JORNADA RUMO À LIBERDADE FINANCEIRA

O plano prevê uma série de medidas para reestruturar financeiramente o grupo Light, que entrou em recuperação judicial no ano passado com 11 bilhões de reais em dívidas.

(Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker
(Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

Pelos termos propostos, a Light fará uma capitalização de até 1,5 bilhão de reais, com 1,0 bilhão de reais ancorados por seus acionistas de referência: Nelson Tanure, Ronaldo Cezar Coelho e Carlos Alberto Sicupira.

O plano também prevê conversão de parte dos créditos em ações, via debêntures conversíveis, pagamento integral a credores com créditos até 30 mil reais, entre outras ações.

A companhia vem enfrentando um grave desequilíbrio financeiro em sua distribuidora de energia, responsável por atender consumidores de mais de 30 municípios do Rio de Janeiro.

A concessionária fluminense sofre, por exemplo, com perda expressiva de receita provocada por furtos de energia e inadimplência em sua área de concessão, que tem cerca de 250 “áreas com severas restrições operativas”.

Veja o documento abaixo:

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.