Home Agronegócio Café robusta atinge máxima recorde e arábica atinge máxima de mais de um ano e meio

Café robusta atinge máxima recorde e arábica atinge máxima de mais de um ano e meio

O julho do café robusta fechou em alta de 218 dólares, ou 5,5%, a 4.195 dólares a tonelada, após atingir 4.206 dólares

por Reuters
0 comentário

Os contratos futuros do café robusta na ICE atingiram máximas recordes pelo quinto dia consecutivo nesta quarta-feira, em meio a preocupações com a oferta do Vietnã, enquanto o arábica atingiu seu maior nível em mais de um ano e meio.

Café

O julho do café robusta fechou em alta de 218 dólares, ou 5,5%, a 4.195 dólares a tonelada, após atingir 4.206 dólares.

Os negociantes descreveram o mercado no Vietnã, o maior produtor, como inativo, com os agricultores mantendo os estoques apesar das máximas históricas, pois esperam preços ainda mais elevados.

Os corretores disseram que os fundos estavam adicionando ativamente contratos às suas posições compradas.

APRENDA COMO MULTIPLICAR E PROTEGER SEU CAPITAL INVESTIDO POR MEIO DAS CRIPTOMOEDAS E ACELERE A SUA JORNADA RUMO À LIBERDADE FINANCEIRA

Há preocupações quanto ao clima do Vietnã, já que as chuvas de abril seguem o caminho das de 2016, quando as condições de seca resultaram em uma queda na produção de 8,6%.

(Imagem: Reprodução/shixugang/PIxabay)
(Imagem: Reprodução/shixugang/PIxabay)

O julho do café arábica subiu 5,2%, para 2,4035 dólares por libra-peso, o maior nível desde o final de agosto de 2022.

“O Arábica pode estar sofrendo um efeito de repercussão da recente recuperação do robusta e da atual crise do Mar Vermelho”, disse o Rabobank em nota.

Açúcar

O maio do açúcar bruto caiu 0,31 centavo, ou 1,6%, a 19,32 centavos de dólar por libra-peso, depois de atingir uma mínima de 16 meses de 19,17 centavos.

O agosto do açúcar branco caiu 1,9%, para 559,30 dólares a tonelada.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.