Home Agronegócio Café robusta e açúcar caem após máximas na ICE

Café robusta e açúcar caem após máximas na ICE

O café robusta de setembro ficou 3,9% mais baixo, 4.128 dólares a tonelada métrica, depois de ter atingido o recorde de 4.394 dólares na quinta-feira

por Reuters
0 comentário

Os preços futuros do café robusta na ICE caíram nesta sexta-feira, depois de atingirem um recorde na sessão anterior, enquanto o açúcar bruto caiu depois de atingir o maior valor em quase um mês.

Café

O café robusta de setembro ficou 3,9% mais baixo, 4.128 dólares a tonelada métrica, depois de ter atingido o recorde de 4.394 dólares na quinta-feira.

Os suprimentos de café robusta permanecem apertados, principalmente devido a preocupações com a safra do principal produtor, o Vietnã, embora os estoques certificados pela ICE estejam aumentando, o que provavelmente indica uma produção crescente fora do Vietnã.

Os negociantes do Vietnã disseram que estimam que a safra da próxima temporada será de 4% a 7% menor devido aos danos causados pela seca em março e abril.

O café arábica caiu 3,6%, para 2,249 dólares por libra-peso, depois de atingir uma máxima de sete semanas de 2,3870 dólares na quinta-feira.

O Brasil, maior produtor de café arábica, exportou 243.900 toneladas de café verde em maio, acima das 141.085 toneladas de um ano atrás, segundo dados do governo.

Açúcar

O açúcar bruto de julho caiu 1,1%, fechando em 19 centavos de dólar por libra-peso, depois de ter atingido o valor mais alto em quase um mês, 19,37 centavos de dólar.

O açúcar está sendo sustentado pela possibilidade de que o clima seco no Brasil afete a última parte da safra atual, ou mesmo a temporada de 2025.

O Brasil exportou 2,81 milhões de toneladas métricas de açúcar em maio, acima dos 2,41 milhões de um ano atrás, segundo dados.

O açúcar branco de agosto caiu 1,3%, para 553,30 dólares a tonelada.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.