Home Agronegócio Contratos futuros de açúcar bruto sobem 3% e café também sobe

Contratos futuros de açúcar bruto sobem 3% e café também sobe

O março do açúcar bruto fechou em alta de 0,69 centavo, ou 3%, a 23,84 centavos por libra-peso

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Reprodução/Freepik/@tawatchai07)

Os contratos futuros de açúcar bruto na ICE subiram 3% nesta terça-feira, para uma máxima de duas semanas, em meio a visões mais pessimistas em relação à nova safra no maior produtor, o Brasil, que está sem chuva.

Açúcar

O março do açúcar bruto fechou em alta de 0,69 centavo, ou 3%, a 23,84 centavos por libra-peso.

Os operadores disseram que o mercado continuou a receber apoio das preocupações de que a redução das chuvas na importante região centro-sul do Brasil levaria a um declínio na produção de cana na próxima temporada 2024/25.

Os operadores disseram que a quantidade de contratos em aberto no mês à vista ainda está alta, em mais de 47.000 lotes, faltando apenas dois dias de negociação para o vencimento.

(Imagem: Reprodução/shixugang/PIxabay)
(Imagem: Reprodução/shixugang/PIxabay)

O maio do açúcar branco subiu 1,2%, para 631,70 dólares por tonelada métrica.

Café

O contrato maio do café robusta fechou em alta de 57 dólares, ou 1,9%, a 3.077 dólares a tonelada.

Os revendedores disseram que a oferta no Vietnã, maior produtor de robusta, continua restrita, com muitos agricultores mantendo a oferta na esperança de que os preços subam.

A colheita de robusta no Brasil, no entanto, deverá começar no próximo mês, com perspectivas geralmente favoráveis.

O maio do café arábica fechou em alta de 3,45 centavos, ou 1,9%, a 1,8305 dólar por libra-peso.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.