Home Economia e Política CPMI dos atos de 8 de Janeiro ouvirá “hacker da Vaza Jato” no próximo dia 17

CPMI dos atos de 8 de Janeiro ouvirá “hacker da Vaza Jato” no próximo dia 17

O ataque inseriu de forma ilegal 11 alvarás de soltura presos e um falso mandado de prisão contra o ministro Alexandre de Moraes, do STF

por Agência Câmara
3 min leitura

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Atos de 8 de Janeiro ouvirá, em 17 de agosto, Walter Delgatti Neto, conhecido como o “hacker da Vaza Jato”, preso no último dia 2 em decorrência das investigações sobre ataque hacker ao sistema do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

O ataque inseriu de forma ilegal 11 alvarás de soltura de pessoas presas e um falso mandado de prisão contra o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Em depoimento anterior, o hacker confirmou que a ação visava demonstrar a vulnerabilidade do sistema de Justiça brasileiro e descredibilizar publicamente o sistema eletrônico de votação, com o intuito de questionar o resultado eleitoral das urnas.

O pedido de depoimento de Delgatti foi feito pelos deputados Rogério Correia (PT-MG) e Duarte Jr. (PSB-MA). Confira aqui a pauta da reunião e os requerimentos dos deputados.

A reunião da comissão será realizada às 9 horas no plenário 2 da ala Senador Nilo Coelho, no Senado Federal.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.