Home Economia e Política EUA dizem que Coreia do Norte “pagará preço” se fornecer armas à Rússia

EUA dizem que Coreia do Norte “pagará preço” se fornecer armas à Rússia

Kim espera que as discussões sobre armas continuem, disse Sullivan, inclusive entre os líderes e “talvez até pessoalmente”

por Reuters
0 comentário

As negociações de armas entre Rússia e Coreia do Norte estão avançando ativamente, disse uma autoridade dos EUA nesta terça-feira, alertando o líder Kim Jong Un que seu país pagaria um preço por fornecer à Rússia armas para uso na Ucrânia.

Fornecer armas à Rússia “não vai refletir bem na Coreia do Norte, e eles pagarão um preço por isso na comunidade internacional”, disse o conselheiro de segurança nacional dos EUA, Jake Sullivan, a jornalistas na Casa Branca.

O Kremlin disse na terça-feira que não tinha “nada a dizer” sobre as declarações de autoridades norte-americanas de que Kim planejava viajar à Rússia este mês para se encontrar com o presidente russo, Vladimir Putin, e discutir o fornecimento de armas a Moscou.

Kim espera que as discussões sobre armas continuem, disse Sullivan, inclusive entre os líderes e “talvez até pessoalmente”.

“Continuamos a comprimir a base industrial de defesa da Rússia”, disse Sullivan, e Moscou está agora “procurando qualquer fonte que possa encontrar” para bens como munições.

“Continuaremos a apelar à Coreia do Norte para que cumpra os seus compromissos públicos de não fornecer armas à Rússia que vão acabar matando ucranianos”, disse Sullivan.

Na segunda-feira, a porta-voz do Conselho de Segurança Nacional dos EUA, Adrienne Watson, disse que Kim e Putin podem estar planejando um encontro.

O New York Times citou autoridades não identificadas dos EUA e aliados dizendo que Kim planeja viajar para a Rússia já na próxima semana para se encontrar com Putin.

Questionado se poderia confirmar as negociações, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse: “Não, não posso. Não há nada a dizer.”

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.