Home Economia e Política EUA: Presidente da Câmara pede inquérito formal por impeachment de Joe Biden

EUA: Presidente da Câmara pede inquérito formal por impeachment de Joe Biden

Mesmo que a Câmara vote a favor, é quase certo que a tentativa fracassará no Senado controlado pelos democratas

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Reprodução/Facebook/Joe Biden)

O presidente da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, o republicano Kevin McCarthy, pediu nesta terça-feira a abertura de um inquérito formal sobre a possibilidade de um pedido de impeachment contra o presidente Joe Biden, incentivada pelos membros mais conservadores de seu partido — uma medida que certamente dividirá ainda mais os parlamentares enquanto eles lutam para aprovar legislações a fim de evitar uma paralisação do governo.

“Estou instruindo nossos comitês da Câmara a abrirem um inquérito formal de impeachment contra o presidente Joe Biden”, disse McCarthy aos repórteres.

Muitos no partido de McCarthy ficaram furiosos quando a Câmara, então controlada pelos democratas, votou pelo impeachment do ex-presidente Donald Trump duas vezes – em 2019 e 2021 – embora ele tenha sido absolvido em ambos os casos no Senado.

Biden, que derrotou Trump nas eleições de 2020, buscará a reeleição no próximo ano. Os republicanos, que agora controlam a Câmara por uma pequena margem, têm acusado Biden de lucrar enquanto era vice-presidente, de 2009 a 2017, com os empreendimentos comerciais estrangeiros de seu filho Hunter Biden, embora não tenham apresentado evidências.

Trump
Trump enfrenta quatro acusações criminais distintas enquanto concorre à nomeação do seu partido para enfrentar Biden nas eleições de 2024 (Imagem: Facebook/Donald J. Trump)

Investigação

Um ex-parceiro de negócios do jovem Biden disse em audiência na Câmara que Hunter vendeu a “ilusão” de acesso ao poder enquanto seu pai era vice-presidente, de acordo com uma transcrição divulgada no mês passado.

A Casa Branca tem dito que não há base para uma investigação e Biden tem zombado dos republicanos sobre um possível impeachment.

Os democratas têm procurado retratar o discurso republicano sobre o impeachment como um esforço para desviar a atenção do público dos problemas jurídicos de Trump, que enfrenta quatro acusações criminais distintas enquanto concorre à nomeação do seu partido para enfrentar Biden nas eleições de 2024.

O outro lado

Trump tem pressionado os republicanos a tentarem destituir Biden do cargo. Vários republicanos extremistas disseram que não votariam a favor de projetos de lei de gastos obrigatórios, a menos que McCarthy autorizasse um inquérito de impeachment.

A Constituição dos EUA autoriza o Congresso a acusar autoridades federais, incluindo o presidente, por traição, suborno e “outros crimes e contravenções graves”. Um presidente pode ser destituído do cargo se a Câmara aprovar artigos de impeachment por maioria simples e o Senado votar por maioria de dois terços para condenar após a realização de um julgamento.

Expectativas

Qualquer esforço pelo impeachment de Biden dificilmente terá sucesso. Mesmo que a Câmara vote a favor do impeachment de Biden – uma perspectiva incerta, dada a estreita margem de votos de 222 a 212 dos republicanos – é quase certo que a tentativa fracassará no Senado controlado pelos democratas.

Trump é o único presidente dos EUA que teve procedimentos de impeachment abertos contra si duas vezes. Ele foi absolvido em ambas às vezes após julgamentos no Senado, graças aos votos de seus pares republicanos que impediram a Casa de alcançar a maioria de dois terços necessária para a condenação.

Assista o discurso de Kevin McCarthy:

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.