Home Mercados Ibovespa reage após cinco quedas seguidas; Azul sobe 9%

Ibovespa reage após cinco quedas seguidas; Azul sobe 9%

Por volta de 10h50, o Ibovespa tinha acréscimo de 0,28%, a 125.077,8 pontos, mas caminhava para um desempenho negativo na semana

por Reuters
0 comentário

 O Ibovespa (IBOV) trabalhava no terreno positivo nesta sexta-feira, após cinco quedas seguidas, sem dados econômicos relevantes na pauta e com o noticiário corporativo destacando anúncio de acordo de codeshare entre as aéreas Azul e Gol.

Por volta de 10h50, o Ibovespa tinha acréscimo de 0,28%, a 125.077,8 pontos, mas caminhava para um desempenho negativo na semana, com declínio de 2,4% até o momento. O volume financeiro somava 2,4 bilhões de reais.

“Em dia de agenda de indicadores econômicos esvaziada, os mercados mundiais seguem refletindo o debate sobre o início do ciclo de afrouxamento monetário nos Estados Unidos”, afirmaram economistas do Bradesco em relatório enviado a clientes.

Dados recentes e declarações cautelosas de autoridades do banco central norte-americano têm adicionado receios de que o Federal Reserve possa postergar ainda mais o primeiro — e amplamente desejado – corte de juros na maior economia do mundo.

Em Wall Street, a sexta-feira era positiva, com o S&P 500, uma das referências do mercado acionário norte-americano, em alta de 0,29%. O rendimento do título de 10 anos do Tesouro dos EUA cedia a 4,4906%, de 4,475% na véspera.

Destaques

Azul (AZUL4) disparava 9,54%, após anunciar um acordo de codeshare com a Gol que englobará mais de 150 destinos operados pelas duas companhias aéreas. As rotas envolvidas serão aquelas operadas por uma das companhias e não pela outra. Gol (GOLL4), que não faz parte do Ibovespa e está em recuperação judicial nos Estados Unidos, saltava 15,08%.

Petrobras (PETR4) subia 0,84%, tendo no radar que o conselho de administração da petrolífera aprovou nesta sexta-feira Magda Chambriard como nova presidente-executiva e integrante do colegiado de conselheiros da estatal. Chambriard, que tomou posse logo em seguida, recebeu de Lula a missão de acelerar investimentos no comando da estatal, para que a petroleira seja a principal indutora de emprego e renda no país.

Vale (VALE3) avançava 0,25%, mesmo com queda dos futuros do minério de ferro na China, onde contrato mais negociado na Bolsa de Mercadorias de Dalian encerrou com queda de 0,44%. Na semana, porém, subiu 2,6%. No setor, CSN (CSNA3) valorizava-se 3,28% e Gerdau (GGBR4) ganhava 1,73%, mas Usiminas (USIM5) caía 2,49%.

Itaú Unibanco (ITUB4) cedia 0,09%, enquanto Bradesco (BBDC4) registrava um acréscimo de 0,54%.

Magazine Luiza (MGLU3) recuava 4,23%, engatando a quinta sessão consecutiva de queda. No começo da semana, o Citi cortou o preço-alvo das ações de 2,50 reais para 1,80 real e reiterou recomendação “neutra/alto risco”. Apesar de ver vendas melhores em lojas físicas e melhora na rentabilidade, eles cortaram previsão das vendas online, bem como de lucro, citando despesas financeiras persistentes entre as razões.

PagBank (PAGS), que é negociada em Nova York, avançava 5,38%, após reportar na quinta-feira um crescimento de 33% no lucro líquido recorrente do primeiro trimestre na comparação com o mesmo período do ano anterior, para 522 milhões de reais, acima da expectativa média de analistas de lucro de 475,2 milhões de reais, segundo dados do LSEG.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.