Home Mercados Ibovespa: veja os 7 destaques desta segunda-feira; BRF em destaque

Ibovespa: veja os 7 destaques desta segunda-feira; BRF em destaque

Às 10:56, o Ibovespa subia 0,43%, a 129.977,73 pontos

por Reuters
0 comentário
Ibovespa

O Ibovespa (IBOV) reverteu a fraqueza da abertura nesta segunda-feira e avançava, com BRF (BRFS3) entre os destaques positivos antes da divulgação do balanço trimestral após o fechamento, enquanto Vale pressionava negativamente em meio à queda dos preços do minério de ferro na China.

Às 10:56, o Ibovespa subia 0,43%, a 129.977,73 pontos. Mais cedo, na mínima, chegou a 129.076,84 pontos. O volume financeiro no pregão somava 1,85 bilhão de reais.

A semana começa com poucos dados relevantes, mas reserva números de inflação e atividade no Brasil (IPCA-15 e PIB) e nos Estados Unidos (segunda leitura do PIB e o índice PCE), que tendem a ser monitorados por agentes financeiros nos próximos pregões.

A temporada de balanços no Brasil também ocupará as atenções, com os resultados de BRF, Engie Brasil, Ultrapar, Suzano, Ambev, Copel, MRV&Co, entre outros.

De acordo com análise de estrategistas do Itaú BBA, a temporada de resultados foi neutra até o momento, considerando as 34 empresas sob a cobertura deles que já reportaram seus números e representam 46% do valor de mercado do Ibovespa.

“Nós continuamos esperando que os resultados do quarto trimestre de 2023 mostrem melhores comparações anuais, confirmando as tendências que apontam para um ponto de virada nos lucros e um crescimento de 12% no lucro por ação em 2024”, afirmaram em relatório enviado a clientes.

Destaques

BRF (BRFS3) subia 3,78%, a 14,01 reais, em dia de ajustes, após acumular uma perda de 3% nos últimos dois pregões. A empresa de alimentos reporta após o fechamento resultado do quarto trimestre. Projeções compiladas pela LSEG apontam lucro líquido de 339,6 milhões de reais.

 Cielo (CIEL3) avançava 1,68%, a 5,44 reais, após a suspensão do processo para realizar uma oferta pública de aquisição (OPA) das ações da companhia pelos controladores. A decisão foi tomada depois que acionistas minoritários pediram assembleia especial para decidir sobre um novo laudo de avaliação dos papéis da empresa de meios de pagamentos.

Vale (VALE3) caía 1,28%, a 66,52 reais, pressionada pelo declínio dos futuros do minério de ferro na China. O contrato mais negociado na Bolsa de Mercadorias de Dalian encerrou as negociações do dia com perda de 3,21%. Investidores também seguem atentos a ruídos envolvendo o comando da mineradora.

Petrobras (PETR4)avançava 1,50%, a 42,53 reais, após duas quedas seguidas, mesmo com a fraqueza dos preços do petróleo no exterior.

 Itaú Unibanco (ITUB4) tinha variação positiva de 0,38%, a 34,39 reais, enquanto Bradesco (BBDC4) mostrava um decréscimo de 0,14%, a 13,80 reais.

Americanas (AMER3) avançava 3,85%, a 0,54 real, após divulgar seus resultados para os primeiros nove meses de 2023 depois de vários atrasos, classificando o ano como “o mais desafiador” de sua história.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.