Home Agronegócio Isenção tarifária do Egito favorece exportação de frango do Brasil, diz ABPA

Isenção tarifária do Egito favorece exportação de frango do Brasil, diz ABPA

O Egito está entre os 20 maiores importadores de carne de frango do Brasil, maior exportador global do produto

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Freepik/ @ tawatchai07)

A suspensão da tarifa do Egito para a importação de carne de frango favorecerá o fluxo dos embarques de produtos brasileiros para o mercado do norte da África, afirmou a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) nesta sexta-feira.

Conforme comunicado divulgado pelo governo egípcio nesta semana, a suspensão da tarifa MFN (válida para todos os países), que era de 30%, foi zerada pelo período de seis meses para frango inteiro, principal produto enviado pelo Brasil para este mercado.

O Brasil é o principal fornecedor do produto para o mercado egípcio, com mais de 90% de participação sobre as importações do país do norte africano.

“Com a suspensão da tarifa, a expectativa é que o produto brasileiro fique mais competitivo, complementando a oferta local, que tem sido impactada pelos efeitos da Influenza Aviária em seu território e dos aumentos dos custos de produção”, disse o presidente da ABPA, Ricardo Santin, em nota.

O Egito está entre os 20 maiores importadores de carne de frango do Brasil, maior exportador global do produto.

Entre janeiro e setembro, o Egito importou 50 mil toneladas de carne de frango, gerando receita de 107,7 milhões de dólares no período.

Segundo o diretor de Mercados da ABPA, Luis Rua, essa melhoria das condições tarifárias para o acesso ao mercado egípcio se soma à recente abertura para exportações de carne de frango à Argélia, “que tem perfil de consumo parecido, possibilitando novas oportunidades para os exportadores brasileiros”.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.