Janeiro está chegando o que vai acontecer na economia

Janeiro está chegando o que vai acontecer na economia

Janeiro esta chegando! Como vai ficar a economia no próximo ano? Dólar, inflação e juros? O que podemos esperar em 2020? Acompanhe!

Janeiro de 2020 está chegando! Após um ano marcado pelo começo de um novo governo o que podemos esperar para o próximo ano?

Existem muitas questões importantes que merecem nosso destaque a começar pelo avanço das reformas.

Em 2019 dedicamos boa parte de nosso tempo discutindo reforma da Previdência um assunto delicado que mexeu e muito com a sociedade.

A discussão continua por conta da necessidade de estados e munícipios avançarem nessa questão. A disposição de mexer em um tema delicado e desgastante em um ano de eleições pode ser determinante.

Oportunidade: Ganhe R$ 10 abrindo sua conta na Grão!

Juros e inflação

2019 ficará marcado pela redução da taxa de juros básica da economia, a taxa Selic. Vamos terminar o ano com 4,5% ao ano, menor patamar de nossa história.

Com a inflação controlada existem alguns sinais de que ainda existe espaço para mais um corte na Selic, na próxima reunião do Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central).

Mesmo a forte alta no preço da carne e também da energia não parecem ser suficientes para contaminar o restante da economia de forma determinante.

Ouça: DinheiramaCast – Queda da SELIC para 4,5%

Câmbio: até onde vai o dólar

O dólar é para os economistas um assunto delicado e é quase sempre motivo de discordância entre os especialistas.

Não podemos negar que em momentos importantes do ano algumas questões importantes acabaram fazendo com que o dólar ganhasse muita força frente ao real.

Escrevi um artigo completo sobre o tema que ajudou a entender o que acontecia e também o momento importante (clique para ler).

Poupança turbinada: Melhor do que a poupança e ainda com R$ 10 para você!

Conclusão: O que vai acontecer com nossa economia em 2020

Quando janeiro começar, saberemos que o próximo ano continuará desafiador sobretudo pela complexidade de manter a agenda política distante da economia.

Teremos eleições municipais no Brasil e nos EUA uma eleição presidencial que promete certa inquietação nos mercados.

Ainda é cedo para qualquer análise mais robusta e certamente olhando o horizonte de agora o melhor é manter certa cautela na hora de investir.

O momento de juros baixos não excluí a necessidade de construir uma reserva de emergências, por isso, não caia na armadilha de olhar para a renda variável como única opção.

Até a próxima!

Atenção: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários

Vídeos gratuitos sobre educação financeira TV Dinheirama

Aprenda de forma simples e interativa, alguns assuntos que irão fazer toda a diferença no dia a dia na sua relação com o dinheiro. Investimentos, finanças comportamentais, empreendedorismo, liderança, dicas práticas e muito mais. Clique no botão abaixo, assista e assine o canal gratuitamente para receber os novos videos diretamente no seu e-mail.

Assista grátis Ok