Home Esportes Jogador holandês é condenado a 6 anos de prisão por tráfico de cocaína escondida em carga de sal do Brasil

Jogador holandês é condenado a 6 anos de prisão por tráfico de cocaína escondida em carga de sal do Brasil

Promes entrou com um recurso contra essa sentença também

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Reprodução/REUTERS/Evgenia Novozhenina)

Um tribunal holandês condenou nesta quarta-feira à revelia o atacante Quincy Promes, do Spartak Moscou, a seis anos de prisão por tráfico de drogas.

Promes, ex-jogador da seleção holandesa, não compareceu às audiências do tribunal em Amsterdã e não se espera que retorne à Holanda em um futuro próximo.

No mês passado, os promotores pediram uma sentença de nove anos para Promes por seu envolvimento no contrabando de 1.360 kg de cocaína através do porto de Antuérpia, na Bélgica, para a Holanda em duas remessas em 2020.

O tribunal disse que escutas telefônicas mostraram que Promes estava diretamente envolvido com os carregamentos de cocaína, que estava escondida em cargas de sal do Brasil, e seu posterior transporte do porto.

Seus advogados disseram ao jornal holandês AD que Promes recorrerá da sentença, pois ele nega as acusações de importação, exportação, transporte e posse de drogas.

Em outro processo judicial holandês, o ex-atacante do Ajax e Sevilla, de 32 anos, foi condenado no ano passado à revelia a 18 meses de prisão por agressão, em conexão com uma briga em 2020 na qual ele esfaqueou um primo no joelho.

Promes entrou com um recurso contra essa sentença também.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.