Home Empresas Magazine Luiza quita dívida de curto prazo de R$ 2,1 bi

Magazine Luiza quita dívida de curto prazo de R$ 2,1 bi

“Temos uma posição de caixa muito saudável e vamos continuar trabalhando nosso foco para o ano", disse uma executiva da varejista

por Gustavo Kahil
0 comentário

O Magazine Luiza (MGLU3) quitou a sua dívida de curto prazo no valor de R$ 2,1 bilhões, informou a empresa por meio de um comunicado enviado à imprensa nesta sexta-feira (3).

Segundo a empresa, o montante se referem às notas promissórias que venciam no fim de abril.

Agora, o Magazine Luiza tem vencimentos apenas no longo prazo, no fim de 2025 e de 2026.

“Temos uma posição de caixa muito saudável e vamos continuar trabalhando nosso foco para o ano, que é de aumentar nossas margens, e buscar crescimento de lucro”, afirma Vanessa Rossini, diretora de relação com investidores.

“Em 2024, vamos investir muito em tecnologia, especialmente na experiência do cliente, com a melhora do nosso nível de serviço, e em serviços como Ads, Fintech e na Magalu Cloud”, complementa Rossini.

Caixa do Magazine Luiza

O Magazine Luiza encerrou 2023 com uma posição de caixa total de mais R$ 9 bilhões, aumento de R$ 1 bilhão em relação ao fechamento de setembro de 2023.

Com isso, o caixa líquido alcançou R$ 1,7 bilhão.

A geração de caixa operacional da empresa foi de R$ 1,5 bilhão de reais no quarto trimestre de 2023. Em março, a companhia recebeu um aumento de capital de R$ 1,25 bilhão.

O balanço do primeiro trimestre de 2024 será divulgado no próximo dia 9 de maio, após o fechamento dos mercados.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.