Home Empresas Nissan vai exportar carros elétricos desenvolvidos na China para mercados globais

Nissan vai exportar carros elétricos desenvolvidos na China para mercados globais

A China foi respons√°vel por pouco mais de um quinto das vendas mundiais da Nissan, de cerca de 2,8 milh√Ķes de ve√≠culos

por Reuters
0 coment√°rio

A Nissan Motor disse neste domingo que irá vender veículos elétricos (EVs) desenvolvidos na China em todo o mundo, após fechar um acordo com a principal universidade do país para alavancar recursos locais para acelerar a pesquisa e o desenvolvimento em eletrificação.

A montadora japonesa está considerando exportar a linha de veículos com motor de combustão interna existentes e os próximos carros puramente elétricos e híbridos plug-in fabricados e desenvolvidos na China para mercados internacionais, disse Masashi Matsuyama, vice-presidente da Nissan Motor e presidente da Nissan China, a repórteres em Pequim.

A Nissan está considerando alcançar os mesmos mercados que rivais chineses, como BYD, disse ele.

A empresa est√° se unindo a marcas estrangeiras, incluindo Tesla (TSLA; TSLA34), BMW e Ford (FORD-F; FDMO34), que est√£o expandindo suas exporta√ß√Ķes de autom√≥veis fabricados na China para explorar os custos de produ√ß√£o mais baixos do pa√≠s e aumentar a utiliza√ß√£o da capacidade das suas f√°bricas.

A China foi respons√°vel por pouco mais de um quinto das vendas mundiais da Nissan, de cerca de 2,8 milh√Ķes de ve√≠culos nos primeiros 10 meses do ano, abaixo dos mais de um ter√ßo no mesmo per√≠odo do ano passado.

A Nissan anunciou que estabelecerá um centro de pesquisa conjunto com a destacada Universidade Tsinghua da China no próximo ano, focado na pesquisa e desenvolvimento de veículos elétricos, incluindo infraestruturas de carregamento e reciclagem de baterias.

O Dinheirama √© o melhor portal de conte√ļdo para voc√™ que precisa aprender finan√ßas, mas nunca teve facilidade com os n√ļmeros.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informa√ß√£o e atesta a apura√ß√£o de todo o conte√ļdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que n√£o faz qualquer tipo de recomenda√ß√£o de investimento, n√£o se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.