Home Comprar ou Vender Vale: veja o impacto das suspensões das licenças no Pará

Vale: veja o impacto das suspensões das licenças no Pará

A suspensão afeta operações cruciais da Vale, especialmente Sossego, responsável por cerca de 20% da produção total de cobre da empresa

por Rafael Borges
0 comentário

A mineradora Vale (VALE3) enfrenta a suspensão das licenças de operação de suas minas Sossego e Onça Puma, de cobre e níquel, respectivamente, pelo Secretaria do Meio Ambiente do Pará (Semas).

A situação levanta preocupações, mas a Ágora Investimentos avalia o impacto como marginal.

A Semas suspendeu as licenças de operação das minas Sossego, em Canaã dos Carajás (PA), e Onça Puma, em Ourilândia do Norte (PA), citando o descumprimento de condicionantes ambientais.

A Vale, por sua vez, reforçou seu compromisso com os controles socioambientais, conforme exigido pela legislação.

A suspensão afeta operações cruciais da Vale, especialmente Sossego, responsável por cerca de 20% da produção total de cobre da empresa.

“No entanto, considerando que os negócios de metais básicos representam apenas uma fração do Ebitda total da Vale, estimamos que o impacto financeiro seja limitado, representando menos de 2% do Ebitda global em 2024”, aponta o relatório.

Embora a notícia tenha implicações negativas, a Ágora projeta uma reação neutra do mercado às ações da Vale.

A mina Sossego é uma das principais produtoras de cobre da Vale, enquanto Onça Puma contribui significativamente para a produção de níquel.

No entanto, as operações de Onça Puma já estavam suspensas para reforma do forno, com previsão de conclusão no primeiro trimestre deste ano.

Onça Puma é responsável por cerca de 10% da produção de níquel (17 mil toneladas em 2023, de um total de 165 mil toneladas).

Apesar das interrupções nas operações, a Vale continua a monitorar a situação e tomará as medidas necessárias para reestabelecer as autorizações.

A expectativa é de que a suspensão represente apenas um revés temporário, com o potencial de retorno à normalidade após a resolução das questões ambientais levantadas pela Semas.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.