Pare de perder dinheiro na bolsa de valoresPedro é um investidor daqueles que passam o dia todo em frente à plataforma home broker roendo os dedos, suando e tendo calafrios em função dos apuros que passa. Opera o dia todo e está sempre de olho em boas oportunidades para lucrar no curto prazo. Pedro conhece bem o mercado e toma suas decisões certo de que sabe o que está fazendo.

Mas muitas vezes ele erra. Com freqüência fica paralisado diante do computador, olhando os gráficos e tentando calcular o tamanho do prejuízo que está tomando por ter tomado uma decisão de forma impulsiva, precipitada e mal planejada. E isso ocorre por dois motivos:

  1. Porque ele investe baseado no seu “achismo” e suposta experiência;
  2. Porque ele se considera muito capacitado para ir buscar mais conhecimento.

Pedro é um investidor[bb] fictício. Mas eu não estaria escrevendo essa história se ela não fosse a realidade vivida por muitos investidores, todos os dias. O sentimento de achar que sabe tudo e o desinteresse pelo estudo são os maiores destruidores da carreira de um investidor.

Quem não tem humildade para reconhecer que o aprendizado é fundamental cedo ou tarde irá se transformar em um investidor frustrado, emocionalmente frágil e inseguro. Ou seja, será uma presa fácil não só para o mercado, mas para si mesmo. Uma decisão tomada sem uma estratégia prévia (que inclui a análise de prós/contras e simulações de cenários otimistas/pessimistas) tem grandes chances de terminar em prejuízo ou em um lucro menor do que o possível.

Quando você compra um ativo precisa definir qual é o lucro que espera obter com ele. Ou, na outra ponta, saber o quanto de prejuízo tolera na operação – não se esqueça do stop. Fazer isso é o que chamo de Blindagem Emocional. Quando você já sabe o que esperar de determinado ativo suas preocupações com ele certamente serão muito menores e suas noites de sono muito mais tranquilas.

Ninguém é capaz de acertar sempre quando se fala de bolsa de valores[bb]. Uma situação inesperada, como um erro de digitação de um operador no exterior, pode mudar o panorama do jogo. E se você não levar em conta esses fatores externos, não tenho dúvidas de que irá se dar mal e acabar sendo mais um dentre os tantos Pedros do mercado.

Dicas para evitar decisões emocionais

  • Nunca ache que já tem conhecimento suficiente;
  • Planeje cada detalhe de sua operação e leve em conta todos os riscos envolvidos;
  • Sempre use o stop;
  • Faça simulações com cenários otimistas e pessimistas sobre as perspectivas do papel antes de comprar ou vender;
  • Esteja ciente de que nem sempre irá ganhar, mas que você pode sempre minimizar as perdas;
  • As palavras planejamento e estratégia precisam estar sempre na sua cabeça e nas suas ações.

Bons negócios e bons investimentos!

Crédito da foto para freedigitalphotos.net.

Avatar
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários