Home Mercados Petróleo sobe mais de US$ 1/barril enquanto Opep+ pondera estender cortes de produção

Petróleo sobe mais de US$ 1/barril enquanto Opep+ pondera estender cortes de produção

Os futuros do petróleo Brent subiram 1,12 dólar, ou 1,4%, para 83,65 dólares o barril

por Reuters
0 comentário
A proibição de exportação de todos os tipos de gasolina e diesel de alta qualidade, anunciada na última quinta-feira, permaneceu em vigor

Os preços do petróleo subiram mais de 1 dólar por barril nesta terça-feira, após fontes afirmarem que a Opep+ está considerando estender os cortes voluntários na produção de petróleo até o segundo trimestre para fornecer apoio adicional.

Os futuros do petróleo Brent subiram 1,12 dólar, ou 1,4%, para 83,65 dólares o barril, enquanto os futuros do petróleo West Texas Intermediate dos Estados Unidos (WTI) subiram 1,29 dólar, ou 1,7%, para 78,87 dólares.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo e os aliados liderados pela Rússia, conhecidos como Opep+, concordaram em novembro com cortes voluntários totalizando cerca de 2,2 milhões de barris por dia (bpd) para o primeiro trimestre deste ano.

O grupo de produtores poderia ainda manter os cortes adicionais até o final do ano, disseram duas fontes à Reuters.

“Veremos algumas ofertas restritas no futuro”, disse Dennis Kissler, vice-presidente sênior de negociação do BOK Financial.

A Opep está buscando meados de 80 dólares o barril de Brent, pode ser em torno de 85 dólares. Se permanecermos abaixo disso, eles reduzirão a produção até o final do ano”, acrescentou Kissler.

Também apoiando os preços do lado da oferta, Israel e o Hamas, bem como os mediadores do Catar, todos expressaram notas de cautela sobre o progresso rumo a uma trégua em Gaza, depois que o presidente dos EUA, Joe Biden, disse acreditar que um cessar-fogo poderia ser alcançado em menos de uma semana para interromper a guerra pelo Ramadã.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.