Home Finanças Pessoais Pix agendado: cai que horas e como funciona?

Pix agendado: cai que horas e como funciona?

Assim como a modalidade instantânea, o Pix agendado utiliza o saldo que está na conta do usuário no momento da transferência

por Blog do Serasa
0 comentário

O meio de pagamento lançado pelo Banco Central tornou-se o mais popular em 2023.

No último ano, os brasileiros realizaram quase 42 bilhões de transações com o Pix segundo dados da pesquisa da Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Conhecido por ser prático e rápido, o Pix logo ganhou novas funcionalidades. Em setembro de 2021, foi lançado o Pix agendado. Saiba neste artigo como funciona esse recurso.

O que é Pix agendado

O Pix agendado (ou programado) é uma opção de pagamento que utiliza a mesma tecnologia de transferência do Pix. A diferença é que a transação não ocorre instantaneamente, mas na data agendada.

O agendamento pode ser realizado dentro de uma margem de 90 dias. O pagamento ocorre nas primeiras horas do dia definido. 

Como o Pix agendado funciona?

O agendamento do Pix pode ser realizado dentro de uma margem de 90 dias. A transferência ocorre geralmente nas primeiras horas do dia definido pela pessoa pagadora.

Assim como a modalidade instantânea, o Pix agendado utiliza o saldo que está na conta do usuário no momento da transferência. Caso surja algum imprevisto ou erro no agendamento, é possível cancelar a transferência com até 24 horas de antecedência.

Horário de processamento do Pix agendado

A modalidade do Pix agendado permite apenas a definição da data da transferência, mas não seu horário. 

A execução da transação ocorre nas primeiras horas do dia escolhido. Por padrão, as transferências via Pix ocorrem em até 10 segundos, como determinado pelo Banco Central.

(Imagem: Blog do Serasa)
(Imagem: Blog do Serasa)

As razões que podem fazer com que o pagamento não ocorra na data estipulada são falhas no aplicativo, problema no sistema bancário ou chave Pix do recebedor errada.

Vantagens do Pix agendado

O Pix agendado tem as mesmas vantagens do convencional, sendo totalmente gratuito e seguro. Além disso, seus outros benefícios são:

Pagamentos em dia: é possível agendar o pagamento de um boleto usando a chave Pix do documento. Isso ajuda a evitar juros caso a pessoa esqueça a data de vencimento.

Organização financeira: tire um dia para agendar todos os pagamentos do mês. Além de ajudar a organizar as finanças, evita a inadimplência. 

Cancelamento: pode ser cancelado com até 24 horas de antecedência em caso de imprevistos.

Como utilizar o Pix agendado com segurança

Apesar de ser um meio de pagamento criado e regularizado pelo Banco Central, é importante prestar atenção em alguns pontos para garantir a segurança de quem o utiliza.

Defina um valor limite para as transações Pix: calcule um valor que faça sentido para ser usado no dia a dia e defina-o como limite.

Confira todos os dados: verifique a chave Pix do recebedor, seu nome, a instituição financeira e o valor da transferência.

Cheque o saldo da conta: tenha certeza de que tem valor suficiente na conta para realizar a transferência sem problemas.

Golpe do Pix agendado

O golpe do Pix agendado é mais voltado para comerciantes, prestadores de serviço ou qualquer pessoa que queira realizar uma transação comercial.

Nele, o golpista entra em contato querendo comprar um produto e diz que só pode realizar o pagamento via Pix agendado por algum motivo qualquer. Ele realiza o agendamento normalmente, mas cancela a transferência, deixando o recebedor sem nada.

Outro modo de abordagem é pedir os dados da vítima além da chave Pix, alegando que precisa de mais informações para realizar o agendamento, e ainda enviar um comprovante de agendamento falso.

Como agendar um Pix

O Pix agendado pode aparecer de dois modos nos aplicativos de instituições financeiras: ao confirmar os dados da transação ou como uma opção entre as apresentadas na área Pix.

As etapas para agendar o Pix geralmente são:

Abra o aplicativo do banco.

Faça login.

Encontre a palavra “Pix” ou “Área Pix” e selecione-a.

Escolha a opção “Pagar”, “Fazer transferência” ou “Transferir”.

Insira a chave Pix de quem receberá o valor.

Informe o valor da transferência e clique em “Continuar”.

Na tela de confirmação de dados, clique em “Agendar” ou no símbolo de lápis/agenda ao lado da data do dia vigente.

Selecione a data que deseja.

Cheque os dados e confirme o agendamento.

    Ou assim:

    Abra o aplicativo do banco.

    Faça login.

    Encontre “Pix” ou “Área Pix”.

    Escolha a opção “Programar”.

    Insira a chave Pix de quem irá receber o valor.

    Selecione a data que deseja que o pagamento se realize.

    Informe o valor da transferência e clique em “Continuar”.

    Cheque os dados e confirme o agendamento.

      Alguns bancos podem enviar um e-mail e/ou uma notificação para o cliente confirmando que ele realizou o agendamento do Pix. A mensagem também mostra os dados de destino do pagamento.

      Como verificar e cancelar agendamentos

      Enquanto não é executado, o Pix aparece como “agendado” na aba de “Extrato” do aplicativo do banco e na área dedicada às transferências Pix. A depender da instituição financeira, pode aparecer uma nova aba “Agendamentos”.

      Para cancelar o Pix agendado, basta acessar a transação que aparece como agendada e selecionar “Excluir” ou “Cancelar”.

      O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

      © 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

      O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

      O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.