Home Agronegócio Preços do cacau em Londres atingem recorde; açúcar cai e café sobe

Preços do cacau em Londres atingem recorde; açúcar cai e café sobe

O contrato julho do cacau fechou em alta de 2,2%, a 7.892 libras por tonelada métrica

por Reuters
0 comentário
(Imagem: REUTERS/Ange Aboa)

Os contratos futuros do cacau na ICE, em Londres, atingiram um novo recorde nesta terça-feira, respondendo aos fortes ganhos em Nova York na segunda-feira, quando os mercados do Reino Unido estavam fechados por causa de um feriado, enquanto os preços do açúcar diminuíram.

Cacau

O contrato julho do cacau fechou em alta de 2,2%, a 7.892 libras por tonelada métrica, depois de estabelecer um recorde de 8.050 libras.

Os preços em Londres subiram no início das negociações, já que o mercado acompanhou a forte alta em Nova York na segunda-feira. A alta logo foi interrompida, pois o mercado dos EUA devolveu parte dos ganhos da sessão anterior.

Os negociantes disseram que o foco do mercado havia se voltado para a safra intermediária na Costa do Marfim, o maior produtor, que começou esta semana com falta de chuva e sol forte, o que pode prejudicar a produção.

A Costa do Mar fim anunciou na terça-feira que aumentou em 50% seu preço fixo pago aos produtores de cacau para a safra intermediária de abril a setembro.

(Imagem: Reprodução/ falco/Pixabay)
(Imagem: Reprodução/ falco/Pixabay)

As fracas safras principais dos dois maiores produtores, Costa do Marfim e Gana, ajudaram a reduzir os suprimentos, com um grande déficit global amplamente previsto para a atual temporada 2023/24.

Açúcar

O açúcar bruto para maio caiu 1,8%, para 22,32 centavos de dólar por libra-peso.

Os negociantes disseram que o tempo mais seco na importante região do centro-sul do Brasil pode permitir que as usinas iniciem as operações de processamento para a temporada 2024/25, embora o tempo possa ficar mais úmido na segunda metade da próxima semana.

(Imagem: Reprodução/shixugang/PIxabay)
(Imagem: Reprodução/shixugang/PIxabay)

O açúcar branco caiu 1,3%, para 643,90 dólares a tonelada.

Café

O café robusta subiu 5,3%, para 3.663 dólares a tonelada, um recorde de fechamento.

Os negociantes disseram que o mercado continuou a receber apoio da escassez de oferta no Vietnã, principal produtor de robusta.

O café arábica subiu 3,1%, para 1,9775 dólar por libra-peso.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.