Home Agronegócio Preços do café robusta recuam na ICE e açúcar cai

Preços do café robusta recuam na ICE e açúcar cai

O café robusta fechou em queda de 46 dólares, ou 1,1%, a 4.082 dólares a tonelada métrica

por Reuters
0 comentário

Os contratos futuros do café robusta na ICE fecharam em baixa nesta segunda-feira, caindo ainda mais em relação à máxima histórica da semana passada, enquanto os preços do açúcar se enfraqueceram.

Café

O café robusta fechou em queda de 46 dólares, ou 1,1%, a 4.082 dólares a tonelada métrica. O mercado havia subido na semana passada, atingindo um recorde de 4.394 dólares.

A força do dólar foi sentida em todo o complexo de soft commodities, já que os detentores de outras moedas tendem a vender futuros nesta conjuntura.

No entanto, os negociantes disseram que o mercado encontrou algum suporte da forte desaceleração das exportações em maio do Vietnã, o maior produtor de robusta.

Eles observaram que os especuladores continuaram a construir posições líquidas compradas tanto no café robusta quanto no arábica.

O café arábica de setembro caiu 1,3%, a 2,22 dólares por libra-peso.

Açúcar

O açúcar bruto de julho recuou 0,37 centavo, ou 1,9%, a 18,63 centavos de dólar por libra-peso.

A moeda brasileira caiu para o menor valor em relação ao dólar desde janeiro de 2023, possivelmente impulsionando as vendas das usinas.

Os negociantes disseram que o clima seco na principal região produtora do Brasil continua sendo uma preocupação, apesar de levar a um ritmo de colheita rápido.

“Não é incomum para esta época do ano, mas a chuva é muito necessária”, disseram os analistas da Green Pool em um relatório.

O açúcar branco de agosto caiu 1,6%, a 544,20 dólares por tonelada.

A Organização Internacional do Açúcar elevou sua previsão de déficit global de açúcar para 2023/24 na segunda-feira para 2,954 milhões de toneladas métricas, em comparação com as 689.000 toneladas previstas em fevereiro.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.