Home Esportes Promotor espanhol pede pena de 9 anos de prisão para Daniel Alves em caso de agressão sexual

Promotor espanhol pede pena de 9 anos de prisão para Daniel Alves em caso de agressão sexual

Detido desde 20 de janeiro, Daniel Alves teria agredido violentamente uma mulher no banheiro da área VIP de uma casa noturna

por Reuters
0 comentário

Um promotor espanhol está pedindo uma pena de prisão de nove anos para o ex-jogador do Barcelona e da seleção brasileira Daniel Alves, que deve ser julgado por acusações de agressão sexual contra uma mulher em Barcelona no ano passado, mostrou um documento judicial na quinta-feira.

Detido desde 20 de janeiro, Daniel Alves teria agredido violentamente uma mulher no banheiro da área VIP de uma casa noturna de Barcelona na manhã de 31 de dezembro, diz o documento.

Alves disse que fez sexo consensual com sua mulher que o acusa, mas anteriormente havia negado qualquer encontro sexual com ela.

O promotor também pediu ordens de restrição para Alves após a pena de prisão e que ele pague uma indenização no valor de 150 mil euros  à mulher.

Em agosto, um tribunal na região de Barcelona indiciou formalmente Alves após encontrar provas de irregularidades cometidas pelo jogador de 40 anos de idade, e mais tarde decidiu que havia provas suficientes para enviá-lo a julgamento. Ainda não foi definida uma data.

Na Espanha, uma denúncia de estupro é investigada sob a acusação geral de agressão sexual e as condenações podem levar a penas de prisão de quatro a 15 anos.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.