Home Colunistas Tixanews: Primeira vez a gente nunca esquece

Tixanews: Primeira vez a gente nunca esquece

O que fizeram Zambelli e o hacker, segundo Gonet? Invadiram o CNJ e plantaram um mandado falso de prisão do Xandão contra ele mesmo

por tixanews
0 comentário

🧑‍💻 E olha quem finalmente apareceu!!!!!! Paulo Gonet, o procurador (ainda não sabemos se amigo) geral da República, que poderia muito bem se passar por irmão do Henry Sobel que todo ia achar que era verdade. Pela primeira vez desde que assumiu, lá em dezembro, ele finalmente fez uma denúncia.

As vítimas, digo, os denunciados:

Carla Carabina Zambelli, aquela deputada federal que saiu apontando arma no meio de bairro chique de São Paulo às vésperas da eleição.

Hacker Vermelho também conhecido como hacker de Araraquara ou apenas Walter Delgatti.

🧑‍💻 O que fizeram Zambelli e o hacker, segundo Gonet? Invadiram o sistema do Conselho Nacional de Justiça e plantaram um mandado falso de prisão do Xandão contra ele mesmo, afinal ele é nosso xerife geral da República. A procuradoria diz que foi encontrada uma cópia do tal mandado falso no computador da Carabina Zambelli.

🧑‍💻 Eles são denunciados por falsidade ideológica e crimes de invasão a dispositivo informático.

📁 Ah, e o Lauro Jardim revelou que entre os documentos falsos também foi encontrado um mandado de soltura de um líder do PCC, digo, do CVV, sei lá, darling, dessas siglas do crime. Vai vendo, BRASEW.

💉E ele nunca aparece, mas quando aparece já emplaca duas. Gonet também decidiu pedir que a Polícia Federal investigue mais um pouquinho o caso dos cartões de vacina. E o Xandão diligentemente concedeu o pedido.

Desculpa aí, Tixa!

😎 O que se diz é que não é hora de denunciar Bolsonaro por um crime menor, antes de se saber se tem crime no rolê do golpe, etc. Além disso, a desculpa para que a PF continue investigando é a possiblidade de que a falsificação do cartão de vacina era um preparativo do golpe. Obviamente, os processos de Bolsonaro, nosso ex, só vão andar quando interessar, BRASEW.

🦑 E Lula tava hoje todo trabalhado na humanidade, no amor e na paz. Nosso eterno candidato a Miss Universo pela paz mundial. Nosso atual teve uma café da manhã com jornalistas e saiu com essas.

🦑 Para justificar que o encontro secreto com Lira, nosso Arthurzito chefão da Câmara frigorífica, não foi um encontro secreto:

“Foi uma conversa entre dois seres humanos.”

🦑 Ele foi falar da Petrobras e mandou:

“Não vejo problema na Petrobras, não vejo o fato de você ter um desentendimento, uma divergência, uma colocação equivocada, faz parte da existência do ser humano.”

🦑 Pianinho, pianinho com o Congresso:

“Não fico nervoso ou irritado quando o Congresso veta algo. Às vezes, fico incomodado com a minha incompetência de não tê-los convencido do contrário.”

🦑 Lula acha que a estratégia da direita contra o Maduro na Venezuela é algo de outro mundo:

“Na questão da Venezuela, está acontecendo uma coisa extraordinária: a oposição toda se reuniu, está lançando um candidato único. Vai ter eleições.”

🦑 Nosso atual também acha que tá tudo bem as greves dos servidores por aí e vai dar aumento:

“O pessoal estava muito, muito, muito reprimido, eles não faziam greve há muito tempo, não tinha aumento de salário há muito tempo. Nós estamos preparando aumento de salário para todas as carreiras e vão ter aumento.”

🦑 Se rendeu até ao gostosão geral da República, sim, ele, o presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto:

“Quem já conviveu com Roberto Campos um ano e quatro meses não tem nenhum problema de viver mais seis meses.”

🧐 Enquanto isso, no Senado, Pacheco, o Rodrigo mais alto da casa, segue trabalhando para dar um benefício para juízes e procuradores. Bate com uma mão, acaricia com a outra. O relator ainda resolveu botar mais gente no rolê, tipo delegados, defensores públicos. A brincadeira pode custar aos cofres 81,6 bilhões até 2026, segundo estudo do próprio Senado. Enquanto isso, nada de fazer andar a proposta que acaba com supersalário.

💰E o Haddad, nosso Fernandinho Cabelo, foi bater cabelo na Câmara. Almoçou com o Lira e juntos acertaram a votação do programa de retomada do setor de eventos. É o tal do Perse. Em algum momento no passado, Haddad quis enquadrar o Lira e andou dizendo que havia suspeita de lavagem de dinheiro no Perse. Bem depois que Lira havia dito que o Perse era prioridade. No fim desta briga nesta linda terça-feira, foi aprovado um Perse de 15 bi. Mais do que o Haddad queria, aliás, por ele acabava, mas bem menos do que o Lira queria no começo.

🤡 E o Musk Siberiano se empirulitou lá para as bandas da Austrália. O país exige que ele exclua vídeos de violência explícita, mas lá foi ele dizer que é censura. O primeiro ministro lá dos cangurus disse que esses executivos são arrogantes. E é isso, que hoje é só terça.

Good night, BRASEW!

Corre para ler muito mais no site da Tixa News – www.tixanews.com.br

🦎Visite nossa ludjinha de camisetas para que você possa se vestir dizendo tudo o que quer sem dizer nada. Em duas camisetas, a gente traz o seu humor de volta e relembra ainda as frases mais bizarras da política.
www.tixashirts.com.br

🦎Você sabia que pode convidar quem quiser para a nossa comunidade? É só ir na aba Comunidade, adicionar participantes e enviar o convite

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.