TV Dinheirama: Quanto realmente custa ter e manter um carro?Que bom seria se comprar um carro, novo ou não, fosse apenas calcular o tamanho da parcela do financiamento e compará-la com nosso orçamento mensal. O episódio de hoje da TV Dinheirama trata da compra do carro e usa uma simulação real como explicação. O brasileiro é assim: compra carro em muitas prestações (48, 60, 72 vezes), não dá entrada e leva em conta apenas o valor da parcela para saber se o carro cabe em seu padrão de vida. Como ficam gastos como IPVA, seguro, estacionamento, combustível, manutenção, lavagem, entre outros?

Alguns chegam a dizer que carro é um investimento. Para quem faz uso pessoal do automóvel, isso é um absurdo. Carro é um passivo, representa gastos e ainda deprecia (muito!). O video de hoje trata especificamente das despesas, mostrando como elas encarecem a manutenção do veículo. A depreciação será abordada em um outro video, que falará do aspecto do investimento e da relação ativo/passivo. Assista e comente:

Como complemento ao material em vídeo, sugiro que leia também os artigos:

Importante: Lembre-se de acessar nosso canal no YouTube – www.youtube.com/dinheirama – e se inscrever para receber nosso material. As gravações têm caráter didático e instrutivo. As dicas dadas deverão ser usadas sob sua total responsabilidade. Vem mais por ai. Espero que gostem! Até a próxima.

Conrado Navarro
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários