08 fev Ações e Derivativos

Ações – Como escolher uma corretora

Marco diz: “Navarro, depois de muito ler sobre o assunto decidi investir em ações. Minha grande dúvida é em relação às corretoras. O que devemos avaliar na escolha do home broker? Devemos visitar pessoalmente alguns desses estabelecimentos, telefonar, avaliar suas ferramentas? Há quem permita test drive do sistema para que possamos avaliar? Enfim, eu gostaria […]

por Conrado Navarro
há 6 anos

Dinheirama - Planejamento Financeiro e OrçamentoMarco diz: “Navarro, depois de muito ler sobre o assunto decidi investir em ações. Minha grande dúvida é em relação às corretoras. O que devemos avaliar na escolha do home broker? Devemos visitar pessoalmente alguns desses estabelecimentos, telefonar, avaliar suas ferramentas? Há quem permita test drive do sistema para que possamos avaliar? Enfim, eu gostaria de saber como você se decidiu e que critérios levou em consideração. Obrigado.”

Marco, obrigado pela participação. Concordo que escolher uma dentre as 57 corretoras que oferecem a ferramenta home broker[bb] para operar no mercado de ações não é tarefa fácil. Por outro lado, a enorme quantidade de opções traz diversos benefícios para atuais e futuros clientes: diferenciais, ferramentas exclusivas, preços diferenciados (às vezes até custo zero em algumas transações), promoções, inovações, atendimento personalizado, relatórios, carteiras sugeridas etc.

Com a explosão no cadastro de pessoas físicas ocorrida em 2006 e 2007 e o grande número de corretoras concorrentes, é possível que encontremos serviços de ótima qualidade a preços e condições interessantes. Antes de listar os principais passos que sigo ao escolher uma corretora, vou abordar dois erros comuns que devem ser evitados quando pensamos em contratar seus serviços.

  • Erro 1: Pensar somente no preço. As possibilidades trazidas pela Internet, representadas através do home broker, vão muito além da simples atitude mercenária. Diversas corretoras cobram preços maiores, mas oferecem ferramentas exclusivas bastante interessantes.
  • Erro 2: Subestimar a importância dos serviços “extra-Internet”. Só uma ótima plataforma de home broker não resolve. Preocupe-se com o background técnico dos corretores e administradores da empresa e leve em conta as facilidades oferecidas fora da Internet. Gráficos, análise de risco, carteiras sugeridas, chat e relatórios diários, por exemplo, são alguns extras interessantes que podem ser muito úteis;

Analisando as possibilidades
Depois de apresentar os deslizes cometidos por alguns investidores, sinto-me mais confortável para detalhar meu processo de avaliação de corretoras:

Passo 1: Faça um diagnóstico de sua necessidade. Se você não tem condições de operar lotes, pretende usar o mercado fracionário e(ou) possui pouco capital inicial, nem todas as corretoras poderão atendê-lo. Conheça bem seu perfil, defina e liste as premissas relacionadas para que seu trabalho de busca seja facilitado.

Passo 2: Faça uma seleção de cinco alternativas, usando as premissas do primeiro passo, e descarte todo o resto. Como? Acompanhe o noticiário especializado por alguns dias, repare no histórico de atividade das corretoras e procure investigar, em seus próprios sites, um pouco da história, condições comerciais e ferramentas disponíveis por cada uma delas. Selecione as cinco alternativas que se encaixam dentro de sua expectativa de custos de corretagem, custódia, depósito inicial mínimo etc;

Passo 3: Telefone para as cinco opções. Ligue para o telefone 0800 de cada uma das opções e veja quanto tempo de espera você terá que enfrentar para chegar até um atendente. Se quiser ir mais além, ligue mais de uma vez, em horários e dias diferentes.

Faça algumas perguntas, como: Como faço para comprar e vender ações? Quanto tempo preciso para poder entrar no mercado e começar a operar? O que é o sistema de home broker e como ele funciona? Quanto custa operar através da sua corretora? O que sua corretora tem que os concorrentes não oferecem? Depois de ouvir algumas respostas você vai entender a razão para tantas perguntas.

Passo 4: Escolha! Agora você já tem uma idéia de como cada uma pode atendê-lo e pode escolher com mais calma. Boa sorte.

Recomendações adicionais

  • Prefira sistemas que sejam amigáveis e ofereçam ferramentas ao alcance de poucos cliques;
  • Prefira corretoras estabelecidas e com bom histórico de operação também fora da Internet;
  • Prefira corretoras que ofereçam relatórios diários e mensais, assim você pode ver a opinião dos especialistas que contratou;
  • Prefira optar por corretoras que ofereçam test-drive. Experimentar a plataforma pode facilitar sua decisão;
  • Evite basear-se apenas nas recomendações de amigos. Faça a sua análise;
  • Evite ferramentas e sistemas de home broker confusos. Se você não entender sua interface e operação durante o test-drive, caia fora.

Guia de corretoras de ações
A edição de fevereiro/2008 da revista Estadão Investimentos traz um verdadeiro mapa das corretoras brasileiras. Leitura obrigatória para quem pretende seguir esse caminho, a reportagem detalha custos de operação, adicionais, ferramentas e características de 45 corretoras que oferecem home broker. Confira alguns retratos do mercado trazidos pela pesquisa:

Custos e aplicação mínima

  • 87% das corretoras não exigem aplicação mínima;
  • 64% adotam a Tabela Bovespa para os custos de operação;
  • 56% não cobram adicional para atendimento pessoal;
  • 10% não cobram taxa para compra e venda de títulos públicos;
  • 19% não cobram taxa de custódia.

Ferramentas adicionais

  • 40% têm sistema home broker próprio;
  • 24% enviam relatórios setoriais;
  • 50% têm sistema de avaliação de riscos;
  • 42% promovem chats.

Quer saber que documentos você precisa para abrir sua conta? Quer ler mais algumas dicas de investidores e especialistas no assunto? Consulte estes excelentes materiais na Internet e algumas opções de livros:

A facilidade encontrada nos sistemas de home broker é igualmente proporcional ao tempo que você deve dedicar para realizar bons trades e definir sua estratégia. Sua corretora sozinha não é nada. Você sozinho não é nada. Dedique algum tempo ao processo de escolha de sua corretora! Ah, não tente encontrar a melhor corretora, mas sim aquela que melhor atende aos seus anseios e necessidades. Mãos à obra e bons negócios!

Crédito da foto para Marcio Eugenio.

Conrado Navarro

Educador financeiro, tem MBA em Finanças pela UNIFEI. Sócio-fundador do Dinheirama, autor dos livros "Dinheiro é um Santo Remédio" (Ed. Gente), “Vamos falar de dinheiro?” (Novatec) e "Dinheirama" (Blogbooks), autor do blog "Você Mais Rico" do Portal EXAME e colunista da Revista InfoMoney. No Twitter: @Navarro.

Leia todos os artigos de Conrado Navarro
  • Michel cabelho

    Ótimo artigo Navarro, citou muito bem os pontos que precisamos “vasculhar” para escolher a melhor corretora.

    Gostei da iniciativa de linkar os artigos referêntes a pergunta do leitor do Dinheirama.

    A questão de ligar e fazer perguntas para os atendentes -além de verificar o tempo de atendimento em horários diferentes- muito importante, o boca-a-boca muito me atrai nessas situações, não só internet (calor humano é necessarios hehe).

    Abraços.

  • http://dinheirama.com Ricardo Pereira

    Concordo contigo parceiro, a interação com a Corretora é algo que deve ser muito bem prezada.

    Veja, que sempre quando temos um relacionamento pro-ativo com as corretoras, bancos, etc sempre nos melhores e nos piores momentos, seremos lembrados e um tratamento “vip” pode ser conseguido, mesmo operando com valores não tão altos.

    No forum sociedade Dinheirama temos uma discussão muito interessante sobre o assunto, e pode ajudar muitos que querem aprofundar o debate:
    http://dinheirama.com/forum/viewtopic.php?t=15

    A presença de todos é muito bem vinda.

    Abraços

  • Lucas Navarro Pedroso

    Muito bom o blog, sempre me interessei por ações e estou tirando várias dúvidas apenas lendo o blog. Parabéns!

  • Estela Niimi

    Oi, Navarro!
    Adorei o post, e andei pelos links sugeridos. Até acrescentei o blog do Alessandro aos meus Favoritos! Gostaria que você pudesse fazer algumas considerações sobre as corretoras vinculadas aos bancos versus as “independentes”. Apesar de haver vantagens nessas últimas, sabe como é, a gente sempre tem medo de algum “susto” (“o golpe da corretora fantasma abduzido por marcianos”, “corretora se desintegra no espaço e leva milhares à insolvência”, rsrs). Agradeço a atenção e continuo mandando meus votos de sucesso e felicidade.
    Forte abraço!

  • Patricio

    Ola :)

    Gostaria de uma orientação sobre como escolher uma corretora de FUNDOS de ações. Sou muito enrolado e sem muit tempo pra estudar e acompanhar as variaçoes do mercado, entao gostari de sugestões sobre fundos, hoje utilizo o do proprio Banco Real, mas gostaria de poder analizar outra opçoes mais rentaveis (se houver).

    abraços,

    Patricio

  • http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=11158537966341365646 McBoessio

    Cá estou eu de volta aos comentários, após um breve ócio intelectual durante o carnaval. E fico muito satisfeito ao ver que as coisas por aqui não entraram no mesmo recesso e, pelo contrário, deparo-me com este excelente artigo, mais do que necessário. Valeu, Navarro, por este “manual” do iminente investidor.

    Abraços a todos.

  • Pingback: O que mais olhar na hora de escolher uma corretora | Isso Mesmo!

  • http://www.eum.com.br bruna

    Está com dúvidas em encontrar uma corretora?
    Conheça a e.um investimentos, empresa jovem e dinâmica com pliares tradicionais como retidão e seriedade.
    Faça seu cadastro gratuitamente e teste nossas plataformas sem compromisso.
    Para mais informações 11 3525-3544

  • http://nãotenho lena

    tenho muitas ações da Sanderson do Brasil S.A

    eram do meu pai
    hoje sãominhas mas acho que afirma faliu sera que tem algum valor?
    se alguempuder me ajudr euagradeço

  • rafael

    Olá possu 10.000 ações esquecidas do banco bradesco da época de 1979…
    fui ao banco e o mesmo passou informação de que só possuo 89,00 oitenta e nove reais lá
    gostaria de saber como proceder. se possuo valores
    se tiver dinheiro lá estou disposto a dividir a quantia com quem resolver isso pra mim
    rafaellleite@hotmail.com