Home Finanças Pessoais Carteira de Trabalho Digital: como fazer?

Carteira de Trabalho Digital: como fazer?

por Redação Dinheirama
0 comentário

A carteira de trabalho digital certamente já é uma realidade e facilitou muito a vida do trabalhador que atua sob regime CLT. Por isso, agora, não é necessário usar a carteira de papel.

Embora o aplicativo CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social) exista desde 2017, foi a partir de 2019 que ele substituiu a física.

Para que você possa acessar o documento, não é preciso ir ao Poupatempo, como era antigamente. Tudo é feito online e, assim, você pode acessar com facilidade os registros da sua vida profissional.

Além disso, a carteira digital garante o acesso aos direitos trabalhistas previstos na legislação brasileira. Por exemplo, o seguro desemprego, abono salarial e aposentadoria.

Como fazer a carteira de trabalho digital online?

Ela pode ser acessada tanto pelo aplicativo, assim como pelo site. Basta utilizar o seu número de CPF para isso.

Dessa forma, não é preciso mais “fazer a carteira de trabalho”. Ou seja, você não precisa mais do número do Programa de Integração Social (PIS). Tudo foi simplificado.

Assim, o processo é feito automaticamente. A empresa em que você trabalha sobe seus dados e informações no eSocial, e eles ficam disponíveis na sua carteira de trabalho digital. 

São algumas das informações que podem constar na sua CTPS:

  • Início do contrato;
  • Valor do salário;
  • Recolhimento de benefícios;
  • Férias;
  • 13º salário;
  • Bônus
  • Faltas; 
  • Advertências.

Lembrando, mais uma vez, que isso tudo só vale para trabalhadores com regime de contratação CLT.  Em outras palavras, aqueles que são contratados como Pessoa Jurídica (PJ), não têm acesso a esse tipo de registro.

Fazer pelo celular

Para que você possa acessar sua carteira de trabalho digital pelo celular, é preciso instalar o aplicativo CTPS Digital no celular. Ele está disponível para Android ou iOS.

Logo depois de instalado o aplicativo, basta seguir o passo a passo indicado nele para acessar a sua carteira. 

Além disso, você pode baixá-la gratuitamente para poder apresentá-la mesmo offline.

carteira de trabalho digital como fazer - Dinheirama
Foto: Reinaldo Canato

Fazer pela internet

Você também pode acessar a sua CTPS Digital pela internet, na página do Ministério da Economia, conforme o passo a passo abaixo:

  1. Em primeiro lugar, clique em “Quero me cadastrar”;
  2. Em seguida, preencha as informações solicitadas (CPF, nome completo, telefone e e-mail);
  3. Logo depois, aceite o termo de uso;
  4. Responda algumas perguntas para validar os dados informados anteriormente;
  5. Então, retorne à página de serviços do Ministério da Economia e clique em “já tenho cadastro”;
  6. Por fim, informe o CPF e a senha cadastrada.

Caso você tenha já cadastro no acesso.gov.br, no Meu INSS ou Sine Fácil, basta informar o seu CPF e usar a mesma senha desses outros serviços.

Baixar carteira de trabalho digital

Tanto no aplicativo quanto no site existe a opção de baixar a carteira digital. Assim, você consegue acessá-la mesmo offline.

Para isso, basta abrir o documento da carteira digital e clicar em “fazer download”. Pronto, ela já estará disponível no seu dispositivo, seja o computador ou o celular.

Carteira de trabalho digital acessar online

Entretanto, caso você não queira fazer o download da carteira digital no seu dispositivo, não há problema. 

Você pode apresentá-la online mesmo ao empregador ou instituição que lhe pedir o documento.

Carteira de trabalho digital App

Ter a sua carteira digital disponível em um aplicativo do celular, conforme mencionamos acima, facilitará a sua vida.

Assim, sempre que você precisar conferir algum dado ou registro, ela estará a poucos cliques. O mesmo vale quando alguém te pedir o documento.

Mas, atenção, antes de baixar o aplicativo e colocar seus dados, verifique se é o App oficial do governo brasileiro.

Uma forma de fazer isso é verificando quem é o desenvolvedor do aplicativo. No caso da CTPS digital, o desenvolvedor é o Governo do Brasil e o Ministério da Economia.

carteira de trabalho digital como acessar - Dinheirama
Foto: Creative Commons

Cadastro Carteira de Trabalho Digital

O cadastro na CTPS digital não depende do empregador. Ele não precisa fazer nada além de disponibilizar seu CPF e outros dados para o empregador.

Depois, para acessar a CTPS, basta baixar o aplicativo ou acessar o site do Ministério da Economia e, com o seu CPF, acessar seus dados.

Número da carteira de trabalho digital

Como vimos, hoje o único número utilizado para os registros profissionais é o Cadastro de Pessoa Física (CPF).

Por isso, o número da sua CTPS digital é o seu CPF. 

Como consultar o PIS na carteira digital de trabalho?

O PIS é um número gerado e fornecido pela Caixa Econômica Federal para cada trabalhador. Ele vinha descrito na CTPS física.

Depois da implantação do sistema eSocial, as empresas passaram a não precisar mais do PIS para contratar. O CPF se tornou o único número exigido.

Hoje, se por algum outro motivo o trabalhador precisar saber o número do seu PIS, ele pode fazer isso acessando o extrato do FGTS. Ou ainda no CadÚnico, usando o número do CPF.

Seguro Desemprego

O seguro desemprego é um dos direitos garantidos pela CLT. Ele serve como assistência financeira temporária em caso de demissão.

Hoje, é possível solicitar o seguro desemprego pela carteira de trabalho digital, o que, mais uma vez, tornou tudo mais fácil. Basta seguir o passo a passo:

  • Acesse o aplicativo;
  • Clique no ícone “Benefícios”, na parte inferior da tela;
  • Clique em “solicitar”, no campo do seguro desemprego;
  • Informe o número do requerimento. São dez dígitos que estão registrados no alto do formulário entregue pelo empregador após a demissão;

Mas, vale lembrar, só tem direito ao seguro desemprego quem foi demitido sem justa causa.

Como funciona a CTPS digital?

A carteira de trabalho digital funciona de forma automática e conectada ao eSocial.

O eSocial é um portal do governo federal. Nele, as empresas e os empregadores sobem os dados e informações dos trabalhadores contratados sob regime CLT.

Essas informações passam a constar então na CTPS digital, que é vinculada ao CPF do trabalhador. Assim, o registro é feito todo digitalmente.

Como assinar a carteira de trabalho digital?

Para assinar a carteira de trabalho digital, o empregador precisa fazer seu cadastro na plataforma do eSocial. 

Depois, é só indicar o CPF do trabalhador e então inserir os dados do funcionário. O sistema vai replicá-los para a CTPS digital do trabalhador.

Como dar baixa na carteira digital de trabalho?

O processo de dar baixa na carteira de trabalho digital também é feito por meio do eSocial. 

Para fazer a rescisão do contrato, basta o empregador acessar a aba “Contrato de Trabalho”. 

Depois, ele deve informar a data de saída e preencher o campo “assinatura do empregador”. Automaticamente a informação será passada para a CTPS digital do trabalhador.

Carteira de Trabalho Digital ou fisica - Dinheirama
Foto: Creative Commons

Conclusão

A carteira de trabalho digital facilitou e muito a vida dos trabalhadores e dos empregadores. Ela é automatizada, fácil de usar e mais segura, já que você não corre o risco de perdê-la.

Acesse-a no site ou no aplicativo, como você viu neste texto, sempre que precisar.

A carteira de trabalho digital vale como documento?

Alguns locais não aceitam a carteira de trabalho digital como documento. É possível que exijam a apresentação de um documento oficial com foto na versão física.

A carteira de trabalho digital substitui a física?

Sim, hoje não é mais necessário utilizar a carteira de trabalho física e nem emiti-la.

 

Dinheirama

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.