Home Economia e Política Comissões debatem sobre falta de energia elétrica em SP

Comissões debatem sobre falta de energia elétrica em SP

O debate foi solicitado pelos deputados Rodrigo de Castro (União-MG), Arnaldo Jardim (Cidadania-SP), Ivan Valente (Psol-RJ) e Celso Russomanno (Republicano-SP)

por Agência Câmara
0 comentário

A comissão de Minas e Energia; e de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados promovem audiência pública conjunta nesta quarta-feira (6) sobre a falta de energia elétrica que afetou vários municípios e mais de 2 milhões de pessoas no estado de São Paulo no dia 3 de novembro.

O blecaute aconteceu após uma tempestade.

O debate foi solicitado pelos deputados Rodrigo de Castro (União-MG), Arnaldo Jardim (Cidadania-SP), Ivan Valente (Psol-RJ) e Celso Russomanno (Republicano-SP). 

A audiência pública será realizada às 10 horas, no plenário 14.

Convidados

1. Sr. Sandoval Feitosa, Diretor-Geral da Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL;
2. Sr. Antonio Scala, Diretor Presidente da Enel no Brasil;
3. Sr. Max Xavier Lins, Diretor Presidente da Enel Distribuição São Paulo;
4. Sr. Marcus Vinicius Vaz Bonini Diretor Presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de São Paulo – ARSESP;
5. Sr. Luiz Orsatti Filho, Diretor Executivo da Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor – Procon-SP;

Para Rodrigo de Castro, é importante que a população afetada receba esclarecimentos sobre o que aconteceu e saiba detalhes sobre a retomada dos serviços.

“O representante da Enel poderá esclarecer quais foram os esforços realizados pela empresa para restabelecer o serviço. Após três dias da ocorrência da interrupção, mais de meio milhão de imóveis na região metropolitana de São Paulo permanecia sem o fornecimento de energia elétrica”, lembrou.

Os parlamentares querem saber, entre outros pontos, se a demora em reestabelecer o serviço tem relação com a redução do quadro de pessoal da empresa.

Além disso, querem esclarecimentos sobre a como a empresa pretende reduzir e ressarcir os prejuízos dos usuários decorrentes da falta do serviço.

“Também é essencial que a Aneel apresente seu plano de acompanhamento das ações a serem adotadas pela empresa para enfrentar as consequências dessa grave interrupção”, acrescenta Rodrigo de Castro.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.