Home Economia e Política CPI das Pirâmides Financeiras ouve testemunhas sobre fraude na 123milhas

CPI das Pirâmides Financeiras ouve testemunhas sobre fraude na 123milhas

O processo de recuperação foi provisoriamente suspenso em meados de setembro pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais

por Agência Câmara
0 comentário

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Pirâmides Financeiras da Câmara dos Deputados realiza nova audiência pública nesta terça-feira (3), no plenário 7, às 14h30.

Desta vez para ouvir testemunhas sobre o caso da 123milhas, a pedido do presidente do colegiado, deputado Aureo Ribeiro (Solidariedade-RJ).

Relembre

A companhia suspendeu a venda de passagens e pacotes da linha promocional em 18 de agosto e disse que compensaria os clientes com vouchers.

Com a reação negativa de consumidores e autoridades públicas – além de movimentos de antecipação de créditos por parte de bancos e outros financiadores –, a empresa resolveu pedir recuperação judicial.

A recuperação judicial paralisa, temporariamente, processos movidos por clientes contra a empresa. “O processo de recuperação foi provisoriamente suspenso em meados de setembro pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais, enquanto são verificadas as reais condições de funcionamento e reerguimento da empresa”, informou Aureo Ribeiro.

  • Quem já depôs na CPI das Pirâmides Financeiras

Fraude desde o início

O relator da CPI, deputado Ricardo Silva (PSD-SP), já disse que “a 123milhas é um crime ambulante”. Segundo ele, as quebras de sigilo demonstraram que a empresa é fraudulenta desde o início de suas atividades e que não há irregularidades apenas nos planos promocionais, mas em todos os tipos de venda.

A CPI

A comissão foi instalada em junho para investigar esquemas de pirâmides financeiras com o uso de moedas digitais. Os deputados entendem que a atuação da 123milhas em muito se assemelha aos casos de pirâmides financeiras.

O prazo para o encerramento dos trabalhos da comissão encerra-se no dia 11 de outubro.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.