Home Agronegócio Cacau cai mais de 6% pela segunda sessão consecutiva após recordes recentes

Cacau cai mais de 6% pela segunda sessão consecutiva após recordes recentes

O contrato maio do cacau em Londres caiu 363 libras, ou 6,6%, a 5.134 libras por tonelada

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Reprodução/falco/Pixabay)

Os futuros do cacau negociados na bolsa ICE caíram mais de 6% nesta quarta-feira, terminando com perdas acentuadas pela segunda sessão consecutiva, uma vez que os investidores optaram por realizar lucros, mesmo que persistam as preocupações com a redução da oferta na África Ocidental.

Cacau

O contrato maio do cacau em Londres caiu 363 libras, ou 6,6%, a 5.134 libras por tonelada, depois de estabelecer um recorde de 5.605 libras na segunda-feira.

O contrato maio do cacau em Nova York caiu 7,1%, para 5.994 dólares a tonelada.

Os analistas pareciam não se incomodar com as perdas.

Assessores e consultores de investimentos ganham R$ 15.000/mês; saiba como seguir carreira

“Os operadores precisam esperar pelos dados do primeiro trimestre sobre os consumidores e os produtos de origem para confirmar a destruição da demanda. Qualquer virada de baixa parece improvável antes do final de abril ou maio”, disse o Citi em nota.

Açúcar

O contrato março do açúcar bruto fechou em alta de 0,17 centavo, ou 0,7%, a 24,01 centavos de dólar por libra-peso, antes de atingir uma máxima de quase três semanas, a 24,16 centavos.

(Imagem: freepik/@ azerbaijan_stockers)

A Organização Internacional do Açúcar (ISO) elevou nesta quarta-feira sua previsão para o tamanho do déficit global de açúcar previsto na atual temporada 2023/24 de 335.000 toneladas para 689.000 toneladas.

O contrato maio do açúcar branco subiu 0,5%, para 635,00 dólares a tonelada.

Café

O contrato maio do café robusta fechou em queda de 33 dólares, ou 1,1%, a 3.044 dólares a tonelada.

Os operadores disseram que a oferta no Vietnã, maior produtor de robusta, permanece extremamente restrita, já que os agricultores preferem vender pimenta e durião e manter seus estoques de café. Eles acrescentaram que a demanda da indústria continua excelente.

Café
(Imagem; freepik/@ jcomp)

No lado baixista, a colheita de robusta no Brasil deverá começar no próximo mês, com perspectivas geralmente favoráveis.

O contrato maio do café arábica caiu 0,7%, para 1,8180 dólar por libra-peso.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.