A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), fechou maio com alta de 0,78%, ante uma variação de 0,61% em abril, informou nesta quarta-feira, 8, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Essa taxa foi a mais elevada para os meses de maio desde 2008 (0,79%).

O resultado ficou dentro do intervalo das estimativas dos analistas ouvidos pelo Jornal O Estado de São Paulo, que iam de uma taxa de 0,69% a 0,83%, com mediana e média de 0,76%.

A taxa acumulada no ano foi de 4,05% e, nos 12 meses encerrados em maio, o IPCA acumula 9,32%, ainda muito acima do teto da meta estipulada pelo governo, de 6,5%.

Os preços administrados de água e esgoto, e energia elétrica fizeram do grupo habitação o principal responsável para a alta de 0,78% no IPCA de maio. O grupo avançou 1,79% em maio e teve impacto positivo de 0,27 ponto porcentual no índice geral, o maior entre os grupos de despesa.

Senado aprova Ilan Goldfajn

O Plenário do Senado Federal aprovou nessa terça-feira (7), a indicação do economista Ilan Goldfajn para a presidência do Banco Central. A indicação foi feita pelo presidente em exercício Michel Temer. Ilan ocupará o cargo de Alexandre Tombini. A indicação contou com o apoio de 56 senadores e apenas 13 votaram contrariamente, mais uma vez reforçando a expressão da base de Temer no Senado.

Apesar da aprovação da indicação, Goldfajn não deve participar da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), que se iniciou nessa terça e vai até quarta. A reunião do Copom define a taxa básica de juros da economia brasileira.

Com a indicação do economista, o dólar abriu o dia de hoje sendo vendido na casa de R$3,40, o menor valor de venda em quase um ano.

Receita libera 1º lote do Imposto de Renda

A Receita Federal liberou às 9h desta quarta-feira (8), a consulta ao primeiro lote da restituição do Imposto de Renda 2016. O pagamento será feito uma semana depois, no dia 15.

Também serão liberadas novas informações sobre restituições dos exercícios de 2008 a 2015. Nesse lote serão contemplados 1.612.930 contribuintes (1.598.549 para o IR 2016), que receberão um total de R$ 2,65 bilhões.

Conforme determina a lei, os contribuintes foram escolhidos por dois critérios. São 1.499.168 idosos e 113.762 pessoas com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

A consulta pode ser feita na página da Receita na internet, por meio do aplicativo para tablets e smartphones ou pelo telefone 146. Quem ainda não teve a restituição liberada também pode verificar se há alguma pendência, por meio do serviço e-CAC.

Mercado financeiro após noticia da inflação

O mercado financeiro ainda avalia o desgaste do governo com o pedido de prisão de líderes do PMDB solicitado pelo Procurador Geral da República Rodrigo Janot. A percepção é que caso o pedido seja aceito pelo STF, ele possa atrapalhar o andamento do julgamento de impeachment da Presidente Dilma Rousseff.

O Ibovespa, principal benchmark da Bolsa de Valores de São Paulo operava às 11h59 em alta de 1,87% com 51.431 pontos enquanto o dólar cai 1,43% negociado por R$ 3,40.

Foto: Fernanda Carvalho/Fotos Públicas

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários