Home AgronegĂłcio Futuros de cacau caem, mas registram quarto ganho semanal

Futuros de cacau caem, mas registram quarto ganho semanal

Os negociantes disseram que o mercado poderia estar precificando as fases finais da colheita no Brasil

por Reuters
3 min leitura

Os futuros do cacau em Nova York na ICE caíram abaixo do nível psicológico de 10 mil dólares por tonelada nesta sexta-feira com realização de lucros, mas registraram uma quarta semana de ganhos enquanto o mercado continua avaliando um aperto na oferta.

Cacau

O contrato setembro do cacau em Nova York caiu 409 dólares, ou 4%, a 9.701 dólares por tonelada em negociaçÔes volåteis, depois de atingir a måxima de seis semanas de 10.308 dólares na quinta-feira. O contrato ganhou 6% na semana.

Os negociantes disseram que houve realização de lucros nesta sexta-feira, mas acrescentaram que o cacau ainda foi sustentado pelas medidas do principal produtor, Costa do Marfim, para interromper as vendas futuras da safra da próxima temporada.

O maior produtor mundial de cacau também suspendeu as compras e exportaçÔes para junho e poderå prolongar a suspensão num esforço para reter estoques suficientes para os processadores locais.

O setembro do cacau em Londres ​​caiu 2,1%, a 8.048 libras por tonelada, após atingir a máxima de seis semanas de 8.299 libras na sessão anterior. Ganhou 10% na semana.

AçĂșcar

O julho do açĂșcar bruto caiu 0,16 centavo, ou 0,8%, a 19,43 centavos de dĂłlar por libra-peso, tendo ganho 2,26% na semana.

A produção de açĂșcar do Brasil ficou abaixo do esperado na segunda quinzena de maio, com o mix de açĂșcar novamente abaixo das estimativas.

Os negociantes disseram que o mercado poderia estar precificando as fases finais da colheita no Brasil, em meio a preocupaçÔes com o futuro da produtividade.

Contra isso, porĂ©m, o enfraquecimento do real brasileiro estĂĄ incitando os exportadores brasileiros a venderem açĂșcar ao preço do dĂłlar, aumentando os retornos em termos de moeda local. O real estĂĄ sendo negociado perto dos nĂ­veis mais baixos desde janeiro de 2023.

O agosto do açĂșcar branco caiu 0,9%, a 562,10 dĂłlares a tonelada.

Café

O setembro do café robusta fechou com queda de 84 dólares, ou 2,1%, a 4.009 dólares a tonelada. O mercado atingiu um recorde de 4.394 dólares na semana passada. O contrato perdeu 3% na semana.

O setembro do café aråbica caiu 0,8%, a 2,244 dólares por libra-peso, e registrou uma perda semanal de 0,2%.

O Dinheirama Ă© o melhor portal de conteĂșdo para vocĂȘ que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os nĂșmeros.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteĂșdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que nĂŁo faz qualquer tipo de recomendação de investimento, nĂŁo se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com Ă© de propriedade do Grupo Primo.