Acabou! Mais uma volta em torno do sol sendo finalizada. Mais um ciclo sendo encerrado, e com ele aquele sentimento de esperança sendo renovado.

Gosto dessa época do ano. As pessoas em geral ficam mais alegres, sorridentes e festivas. É uma mistura daquele espírito natalino com uma dose de ansiedade e esperança de que as coisas poderão ser melhores.

Isso é bom. A pessoa que não acredita, tem poucas chances de promover mudanças positivas em sua vida. Definitivamente o nosso maior patrimônio é ter uma mente saudável, capaz de dominar os pensamentos e as emoções, e avançar, apesar das dificuldades.

Hoje, nada de falar sobre o lado técnico das finanças. Para isso, basta você clicar nos links dos eBooks recomentados ao longo desse texto que você terá material farto para seu aprendizado. Vamos falar um pouquinho sobre nós mesmos. O momento é propício.

eBook gratuito recomendado: Bolsa de Valores para Iniciantes

Recapitulando e consertando

Eu tenho criado o hábito de fazer uma coisa no último dia de cada ano: reservar ao menos umas 2 horas para fazer uma boa e demorada reflexão sobre minhas atitudes. Compartilho isso contigo para você também experimentar, caso faça sentido.

Nesses momentos eu pego um caderno e escrevo algumas coisas. Momentos marcantes do ano, principalmente ao lado das pessoas que mais amo; novas amizades que foram construídas; desafios profissionais experimentados; metas que foram alcançadas, etc.

Também tomo nota daquelas situações frustrantes; dos momentos em que senti muito medo; reflito na forma como administrei essas tensões, e se consegui superar ou me acovardei. Penso quando fui duro demais com as palavras, e coloquei em risco um relacionamento valioso.

Comigo funciona bem essa coisa de retrospectiva introspectiva. Uma viagem para dentro da mente. Uma pausa na “correria”. Alguns ajustes no roteiro. Pra começar de novo, é preciso que a gente se desprenda de algumas coisas.

Talvez de um trabalho que você deteste, mas o faz apenas por necessidade. Talvez do rancor, que vai te envenenando aos poucos e tornando a sua vida amarga. Talvez até de uma pessoa, que insiste em te machucar e minar todas as suas forças.

Pra começar de novo, é preciso se agarrar em algumas coisas. Colocar em prática aquele empreendimento que faz seus olhos brilharem. Ser mais agradecido por todas as coisas boas que aconteceram na sua vida. Passar mais tempo ao lado de pessoas interessantes, em especial aquelas que dividem as alegrias e os sofrimentos desta vida com você.

eBook gratuito recomendado: Invista sem medo em títulos públicos

Riqueza completa

Falamos muito por aqui sobre dinheiro, riqueza, prosperidade, e tudo isso é muito bom. O dinheiro realmente nos faz mais felizes em vários aspectos. Afinal, há um tipo de felicidade que pode ser comprada com ele.

Comidas saudáveis e bem preparadas, acesso aos sistemas educacionais de qualidade, uma casa aconchegante, um carro confortável, um bom médico para aliviar as dores, e por aí vai.

Sim, o dinheiro ajuda bastante, e a falta dele pode complicar muita coisa. No entanto, há outro tipo de felicidade que não está diretamente associada ao dinheiro.

A sensação agradável de um dever cumprido, a alegria de se sentir útil ao ajudar alguém de forma desinteressada, uma gargalhada de tirar o fôlego, uma noite de amor com a mulher ou o homem da sua vida! Poucos exemplos de coisas que tem pouco ou nenhuma relação com o dinheiro.

A riqueza completa, na minha forma de ver as coisas, passa pelas palavras equilíbrio e qualidade de vida; e não é fácil de ser alcançada.

Leitura recomendada: Ande com os ricos e aprenda a ser rico também

Em termos práticos, seria algo como trabalhar numa quantidade de horas semanais que seja suficiente para gerar uma boa renda e ainda conseguir:

  • Desenvolver sua vida espiritual;
  • Passar tempo com as pessoas que ama;
  • Praticar atividades físicas;
  • Aprender coisas novas;
  • Doar parte de seu tempo e conhecimento para ajudar outras pessoas;
  • Alimentar-se adequadamente; e
  • Repousar o suficiente para estar disposto no dia seguinte.

Viu? Não é uma tarefa fácil; mas é possível. E a melhor ferramenta que temos à nossa disposição para experimentarmos uma vida rica e plena, é possuir uma mente saudável.

Conclusão

Tudo começa (ou termina) na nossa mente, e para fecharmos o raciocínio, cabe aqui aquele pensamento famoso de Mahatma Gandhi:

“Mantenha seus pensamentos positivos, porque seus pensamentos tornam-se suas palavras. Mantenha suas palavras positivas, porque suas palavras tornam-se suas atitudes. Mantenha suas atitudes positivas, porque suas atitudes tornam-se seus hábitos. Mantenha seus hábitos positivos, porque seus hábitos tornam-se seus valores. Mantenha seus valores positivos, porque seus valores… Tornam-se seu destino”.

O meu desafio para você é que também dedique esforço, tempo e outros recursos, para investir no seu maior patrimônio: a sua mente, o centro de comando da sua vida! Todo o restante depende disso. Um abraço forte e Feliz Ano Novo! 🙂

Giovanni Coutinho
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários

  • Bruna Ferreira

    Giovanni, seus textos são maravilhosos,muito obrigada mesmo por compartilhá-los. Ótimas considerações,coaduno com todas elas,e poder reafirmá-las com a leitura desse texto foi ainda melhor para entrar em 2017 focada no meu patrimônio mental.

  • Ivo Batista Junior

    Excelente texto Primão! Esse investimento é vital para alcançar a riqueza!