No Natal, dê educação financeira de presente!O Natal vem chegando! Mais um ano que termina e outro que se aproxima. Não raro, sempre encontro famílias endividadas durante os meses iniciais do ano e, ao investigar, noto que muito do problema surgiu por conta dos exageros nas compras de final de ano e nas comemorações das festividades que o acompanham. Exagero, pessoal, não combina com saúde financeira. Exagero, repetindo, não combina com planejamento financeiro[bb]. Pois é, pensando nisso, decidi que seria interessante escrever um artigo com algumas dicas de presentes voltados para a educação financeira da família.

Entrei em contato com alguns amigos e pedi sugestões também a consultores e educadores da área de finanças. Depois de avaliar as recomendações, decidi publicar duas idéias de presente pouco convencionais para este Natal, além de uma promoção exclusiva que deriva justamente do interesse em trazer novidades aos leitores e aproximar inteligentes iniciativas na área de suas famílias.

Que tal um brinquedo que estimule a educação financeira?
Sabe a simples idéia de presentear filhos e sobrinhos com cofrinhos tipo “porquinho”? Pois é, acho fantástica esta atitude e sempre que posso a coloco em prática. Todos adoram saber que suas moedas e sua mesada estão guardadas em local seguro e, melhor, sendo constantemente “alimentadas”. A sensação de felicidade se completa quando um desejo do pimpolho se realiza através de seu próprio esforço, com o dinheiro guardado durante algum tempo. Se você já presenciou uma cena deste tipo, sabe do que estou falando.

Ora, em épocas de crises globalizadas, bolsa de valores[bb] oscilando ao sabor dos boatos, pânico generalizado e efeito manada no mercado financeiro, nada melhor que uma boa dose de informação e alguma diversão para esclarecer como funcionam os mercados. Melhor ainda se os conceitos são passados de forma divertida e lúdica, de modo que qualquer pessoa pode entender e, inclusive, tirar proveito das tendências de baixa na vida real. Já pensou um jogo capaz de ensinar crianças e adultos a investir em ações?

Pois é, a novidade existe e é nacional. Trata-se do Jogo da Bol$a, que tem a teoria de um livro, a prática de um simulador da bolsa e a diversão de um jogo altamente competitivo. Conheci o Elvis, um dos fundadores da Oficina da Inovação e acompanhei o “barulho” que seu trabalho fez na mídia. Muito interessante, o jogo possui um tabuleiro desenvolvido para reproduzir os principais setores da economia brasileira, onde os preços das ações oscilam depois da leitura das cartas com análises inspiradas em fatos reais.

Assim o jogador reflete a cada rodada, ou pregão, sobre os motivos que influenciaram nos movimentos dos preços. Pois é, além do famoso Banco Imobiliário, agora há uma outra interessante opção de jogo de tabuleiro capaz de prepará-lo para um futuro de sucesso financeiro. Aliás, ao final do artigo você vai saber o que precisa fazer para levar para casa um exemplar do jogo.

Que tal passar adiante fundamentos para o equilíbrio financeiro?
Pode parecer sem graça e até meio hipócrita, mas muitas vezes o melhor presente em situações difíceis é simplesmente não presentear ninguém com objetos e coisas, mas com sabedoria, paciência e disponibilidade. Isso é raro, já que preferimos demonstrar nosso afeto através de presentes caros e muitas vezes de utilidade duvidosa. E se você propusesse ao amigo ou familiar um curso de educação financeira, pago por você? Ou o presenteasse com livros[bb] com dicas neste sentido? Sem graça? Não acho.

Então, ao me lembrar das inúmeras ferramentas de gestão financeira disponíveis, seja na internet ou através de softwares gratuitos (ou não), uma nova idéia surgiu: por que não trazer aos leitores do Dinheirama uma oportunidade de presentear alguém com uma dessas ferramentas? Assim, corri atrás de alguns contatos e conheci o João Paulo, responsável pelo Contas On-line, um extenso gerenciador financeiro muito intuitivo e bastante fácil de usar.

A ferramenta pode ser usada de forma gratuita, mas os lançamentos mensais e o número de usuários ficam limitados. Quer experimentar? Basta acessar www.contasonline.com.br, se cadastrar e usar. Mas, que tal ter uma versão completa para usar ou dar presente? Nosso pedido foi prontamente atendido pelo João, que se prontificou a liberar o acesso para o vencedor de uma de nossas promoções.

A promoção de Natal
Dois super presentes, uma super promoção. Para participar, escreva no espaço dos comentários sua opinião sobre as iniciativas aqui valorizadas – aos vigias de plantão, não se trata de propaganda, publieditorial ou artigo patrocinado, mas de simples e merecido reconhecimento por trabalhos sérios, bem feitos e muito bem intencionados. Aliás, contatos neste sentido serão sempre muito bem-vindos (e os tenho feito com frequência).

Se preferir, conte-nos alguma experiência que represente justamente a necessidade de presentearmos mais com o coração e com intenções honrosas que com o bolso e a necessidade de aparecer. Os comentários participantes da promoção serão aceitos até o dia 25/12. Serão realizados dois sorteios: o primeiro definirá o vencedor do Jogo da Bol$a e o segundo o ganhador da licença completa do Contas On-line. Vamos lá, participe de mais esta exclusiva promoção do Dinheirama e ajude a espalhar a educação financeira por este país. Até a próxima.

bb_bid = “74”;
bb_lang = “pt-BR”;
bb_name = “fixedlist”;
bb_keywords = “jogo tabuleiro,banco imobiliário,bolsa de valores,TV LCD,notebook,investir dinheiro”;
bb_width = “600px”;
bb_limit = “6”;

Crédito da foto para stock.xchng.

Conrado Navarro
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários