Todos os dias recebemos por aqui algumas mensagens de investidores decepcionados com os resultados conquistados nos últimos anos na bolsa de valores. Suas palavras demonstram certo desapontamento e um discurso pouco convincente em termos de responsabilidade. É comum ver as pessoas buscando um culpado pelo mau desempenho do investimento e aproveitando qualquer notícia para apontar o vilão da vez.

O grande problema agora são as notícias de corrupção na Petrobrás; denúncias graves, é verdade, que colocaram em perspectiva negativa o futuro desta que já foi a maior companhia brasileira (e um orgulho nacional, diga-se).

Ao culpar o destino e os resultados de uma única empresa pelo seu mau desempenho, o investidor comete um erro grave. Primeiro, porque existem na bolsa diversas outras empresas que significam oportunidade de diversificação da carteira, algo fundamental se levarmos em conta as diversas condições que o investidor deve levar em consideração. Segundo, porque também é possível ganhar com um mercado lateral ou em tendência de baixa (tem que aprender como, é claro!).

Mas, Bolsa de Valores é para todo mundo?

Sim, Bolsa é para todo mundo que entende onde está pisando e deseja diversificar. O investidor não precisa ser um expert, mas deve no mínimo entender como funciona o investimento e quais as possibilidades/riscos que podem surgir ao longo do tempo. É importante salientar que antes de investir é indispensável que as pessoas tenham claro seus objetivos, para avaliar a partir daí o melhor investimento. E a Bolsa não é lugar do dinheiro do dia a dia, uma lição bastante antiga e importantíssima.

Está claro que nos momentos de crise a Bolsa torna-se para o investidor um terreno mais interessante. Torno a lembrar de como é importante levar em consideração o risco, por isso quem investe deve prestar atenção para a possibilidade de perdas, principalmente no curto prazo. Quem deseja construir uma carteira pensando no futuro e tem tempo para isso pode, por exemplo, aproveitar ações que estão com preços relativamente baixos atualmente.

Escolher as melhores empresas e setores não é uma das tarefas mais fáceis, mas as oportunidades estão ai. Com um pouco de dedicação, aprendizado e senso de oportunidade, tudo pode ficar mais fácil.

“A chave para investir não é avaliar quanto uma indústria afetará a sociedade, ou quanto ela vai crescer, mas sim determinar a vantagem competitiva de qualquer empresa e, acima de tudo, a duração dessa vantagem” (Warren Buffett)

Estude gratuitamente com quem entende de bolsa de valores

Se esse texto despertou seu interesse sobre o assunto, talvez a partir de agora você passe a avaliar os investimentos em Bolsa com um olhar mais simpático. Investir e alcançar o sucesso pode se tornar algo mais palpável quando apostamos no conhecimento e nos cercamos de profissionais que sabem o que fazem.

Os parceiros da Rico.com.vc preparam material educacional gratuito para quem quer construir uma história de sucesso investindo em ações. Para tanto, é simples, basta clicar aqui, realizar um simples cadastro e gratuitamente você terá acesso a um Kit Gratuito de Estudos sobre ações que contém:

  • Vídeo aula: Como investir em ações;
  • Vídeo tutorial: Aprenda a comprar e vender ações no Home Broker;
  • E-book: 5 dicas para ter sucesso na bolsa.

O cadastro para receber gratuitamente o Kit é rápido (clique e aproveite), basta cadastrar seu e-mail e e você receberá por lá todas as informações para ter acesso ao material. Aproveite seu tempo, ele é um ativo precioso que pode representar a chance de ouro que você tanto esperava para fazer da sua vida um grande sucesso. Até a próxima!

Nota: Esta coluna é mantida pela Rico.com.vc, que contribui para que os leitores do Dinheirama tenham acesso a conteúdo gratuito de qualidade.

Foto “Financial data concept”, Shutterstock.

Parceiro de Conteúdo
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários