dinheirama-post-final-de-ano-felizChega o mês de novembro e com ele aquela sensação de que o ano “passou voando”, de que já é quase final do ano e que ainda há muito por fazer. É aquele mês em que nos lembramos das promessas feitas no começo do ano e de como estamos longe de realizá-las (tomara que não seja o seu caso).

Então dezembro está quase ai e muitos brasileiros nem sequer pensaram nas compras de Natal, na viagem de Réveillon e nem nas férias de janeiro. Esse comportamento é bastante comum, embora perigoso e reconhecidamente incoerente.

O que fazer? Aproveite todo o tempo e a importância do tema para mudar esse hábito de deixar tudo para a última hora. Compartilho cinco sugestões simples para ajudá-lo nessa tarefa.

1. Faça uma lista de presentes

Não espere a loucura de fim de ano chegar para decidir quem deve ser presenteado e quem você poderá agradar apenas com uma lembrança e/ou com sua presença e carinho. Pegue uma folha e anote agora os nomes mais importantes e revise essa lista pelo menos mais umas duas ou três vezes até o momento de ir às compras.

2. Estabeleça um limite financeiro para as compras

A verdade é que raramente nós teremos condições de comprar tudo que desejamos, para todos que queremos presentear. Por isso é importante olhar o orçamento com cuidado e definir um limite de gastos para os presentes e para as viagens. E respeitá-lo. A ideia aqui é que você presenteie, mas também use sua criatividade e inteligência para evitar o endividamento desnecessário.

3. Compre fora dos momentos de euforia

As chamadas datas comerciais costumam ser precedidas de preços mais altos nas lojas, justamente porque a procura é maior e as pessoas não querem deixar a data “passar em branco”. Você pode aproveitar momentos fora dessa sazonalidade para já comprar os principais itens que deseja, sem o estresse das ruas lotadas e com condições comerciais mais favoráveis. Basta programar-se.

4. Comece a planejar antes, especialmente se não puder pagar

Não faça a viagem se não tiver condições, não compre mais presentes do que você pode pagar; não complique! O endividamento nesta época é combustível farto para o descontrole e a infelicidade familiar. A solução é planejar com antecedência, separando os recursos necessários meses antes do evento acontecer.

5. Compre dólar todo mês, não de uma vez

Acertar o melhor momento para comprar dólar é algo que nem os especuladores profissionais conseguem, portanto siga uma regra simples: se vai viajar, planeje a viagem com antecedência (item 4) e aproveite esse tempo para comprar dólar de forma contínua (mês a mês). Leia o artigo em que já falei sobre comprar dólar para entender melhor.

Aposto que você quer que as Festas sejam sinônimo de alegria, confraternização e saúde. Então aproveite que o final do ano ainda não chegou e olhe para ele com mais carinho, inclusive no aspecto financeiro. Você pode e deve se planejar para ele. Boa sorte.

Foto New Year’s Eve, Shutterstock.

Conrado Navarro
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários