Colocamos sempre aqui no Dinheirama leituras recomendadas, indicamos livros em posts e sempre estamos lendo muito, tanto no escritório quanto em casa.

O hábito da leitura é passado de pais para filhos ou sempre tem a influência de alguém da família. Desde pequeno eu gosto de ler e leio de tudo; eu sou o cara que sempre diz: “Leio até bula de remédio”.

Em 2016, coloquei como meta ler 52 livros, em média um livro por semana. Confesso que estou um pouco atrasado com o meu projeto; por conta do trabalho, faculdade e outros projetos em paralelo, ainda estou no meu 9º livro do ano (até hoje). Acredito que o Conrado Navarro já tenha lido até agora uns 20 livros (o ritmo do cara é insano, pergunte para ele).

Portanto, coloco aqui três dicas para que você não procrastine na sua leitura (eu venho aprendendo e testando isso, e tem dado certo).

Leitura recomendada: 4 Livros que todo empreendedor deve ler para alcançar o sucesso

1. Comece a ler sobre assuntos de seu interesse

Você deve ter algum assunto que mexe com o seu dia a dia, aquele tema que faz você gostar de acessar sites e conversar com amigos, certo? Seja futebol, vida saudável, maquiagem, jogos de videogame, é importante gostar de algumas coisas (isso vai motivá-lo a ler cada vez mais).

Como você quer gostar de ler se você lê sobre assuntos que não gosta? Por mais tola que seja essa dica, lendo por exemplo sobre a história do seu time de futebol, você já irá comprar um livro e dedicar um bom tempo à leitura, decisão essencial para começar a criar afinidade e delinear este hábito.

2. Desligue aparelhos eletrônicos

Como você precisa se concentrar pare ler, e assim não ficar apenas passando os olhos pelas palavras, é importante evitar distrações. Se você ficar checando seu celular a cada minuto ou mesmo prestar atenção às notificações em redes sociais, sua leitura será prejudicada. Portanto, enquanto estiver lendo, afaste o celular e desligue os aparelhos eletrônicos.

Por mais impossível que isso possa parecer, separe um horário do seu dia que seja mais tranquilo e literalmente desligue tudo! Fique em uma “bolha” nem que seja por 30 minutos (uma hora é o ideal); comece com menos tempo, se for o caso, mas o importante é dar atenção total e foco para a leitura, evitando distrações, ruídos e o que mais atrapalhe esse momento tão importante.

3. Procure um local confortável para ler (mas nem tanto)

Começar a ler pode ser uma tarefa árdua para quem ainda não possui esse hábito, pois qualquer coisa é capaz de tirar a atenção e fazer desparecer a vontade de ler que você alimentou durante dias.

Procure um lugar em sua casa ou escritório que seja confortável para a leitura e tente não ler na cama antes de dormir, pois quando você menos espera pegará no sono com o livro em mãos (e muitas páginas simplesmente terão sido viradas sem concentração).

Sente em uma cadeira que seja confortável e na qual você se sinta bem, ajuste a luminosidade do ambiente de acordo com o seu gosto pessoal (procure evitar sombras sobre a leitura) e coloque o livro em um local plano, uma mesa de preferência, para começar a ler (o ato de segurar o livro em mãos pode ser cansativo e encurtar sua “missão”).

Leitura recomendada: 7 Livros para aprender a controlar suas finanças e investir

Conclusão

Para quem gosta de ler, essas três dicas são apenas mais o mesmo, eu sei disso. Para os viciados em livros, como nós aqui do Dinheirama, qualquer tempinho livre serve para atualizar a leitura (costumamos ler dois a três livros ao mesmo tempo e há uma explicação para isso).

Agora para você que quer começar a ler e criar esse hábito extremamente saudável, essas dicas podem te ajudar. Elas são simples, mas são essenciais para transformar o simples desejo de ler em uma atividade diária, acredite!

Você tem alguma dica complementar este texto de hoje? Compartilhe sua opinião no espaço de comentários abaixo. Aliás, qual livro você está lendo agora? Terminei recentemente o “A Estratégia do Oceano Azul – Como Criar Novos Mercados e Tornar A Concorrência Irrelevante”, recomendo bastante a leitura dele e estou lendo agora “Por Um Sentido na Vida”, da Amy Purdy.

Igor Oliveira
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários

  • Tiago

    Boa Igor, sua meta e 52? A minha é só 30 livros, mas nem estou controlando, mais já li bastante nesse período, parabéns pelo artigo, é isso mesmo manter o foco e parar de assistir TV, assim vc aprenderá cada vez mais.
    Estou lendo A Inteligencia na Carreira Profissional – Barba Moses

    Abs.

    • Igor Oliveira

      Opa Tiago, tô tentando a meta de 52. Dei uma atrasada por conta de provas da faculdade e de treino pras competições, tô no meu 11º se não me engano.
      Sobre a sua dica coloquei aqui no whishlist da Amazon, sempre bom ter algumas recomendações de livros. Abraços e vamos tentar cumprir nossas metas.