A maioria das pessoas cuida mal de suas finanças pessoais. Elas começam a trabalhar, gerar renda, e então começam a gastar, muitas vezes, mais do que ganham.

Entram então numa espiral negativa, que passa a ser acelerada pelas dívidas, colocando a pessoa ou família envolvida na rota da falência. Tudo por falta de alguns conhecimentos básicos sobre como lidar com dinheiro.

O segredo para criar e manter um patrimônio que gere conforto e segurança é aprender a colocar o dinheiro para trabalhar para você, e não o contrário. E para isso, é fundamental investir.

São os investimentos que têm o “poder” de multiplicar o seu capital, fazendo que você e sua família entrem numa espiral positiva, onde dinheiro gera mais dinheiro, o que proporcionará melhor qualidade de vida de forma gradual, crescente e duradoura.

O problema é que para muitos, investir é um desafio, tanto pela falta de conhecimento, quando pela falta de visão entre o risco assumido e as possibilidades de retorno, mas isso não precisa ser assim.

Risco x Retorno

Ao realizarmos um investimento, estamos sujeitos a corrermos algum risco em troca de um retorno, que esperamos ser positivo.

Veja este exemplo: você aposta R$ 1.000,00 ao lançar uma moeda. Você ganha R$ 500,00 se a moeda der “cara” e perde R$ 1.000,00 se der “coroa”. A possibilidade de ganhar R$ 500,00 vale o risco de perder R$ 1.000,00? Não, não vale.

Como as chances são as mesmas do resultado ser “cara” ou “coroa”, a recompensa esperada neste caso, deveria ser, pelo menos, o mesmo valor do risco, ou seja, os R$ 1.000,00. Na verdade, esperamos mais do que isso.

Nos investimentos da vida real, os riscos são bem mais complexos de se avaliar do que este simples exemplo da moeda. Pense numa ação negociada na bolsa de valores. São muitos os fatores internos e externos que podem levar a uma alta ou baixa do preço da ação daquela empresa.

Plataforma recomendada: Alkanza – comodidade e automatização dos seus investimentos

Assim, antes de começar a investir, precisamos refletir sobre alguns pontos:

  • Quais são os ricos do que estou comprando/investindo?
  • Esses são riscos que estou disposto a tomar?
  • Quanto esse risco irá custar?
  • Qual é o potencial de retorno?
  • Há investimentos alternativos que oferecem o mesmo risco e retorno com um custo menor ou um melhor risco ou retorno com o mesmo custo?

Essas questões não são tão simples. Os mais indicados para respondê-las são os consultores financeiros. E hoje, por meio de tecnologia de ponta, os “robô advisors” têm exercido esse papel, e vão além.

O que são robôs advisors

A Alkanza, por exemplo, é um “robô advisor”. Os robôs advisors são serviços online, que por meio de algoritmos, sugerem composições de portfólios a partir de informações básicas fornecidas por você, tais como: objetivo, prazo de investimento, valor disponível para investir, etc.

Com isso, o robô advisor oferece um conjunto de investimentos capaz de compor uma carteira de baixo custo e risco adequado.

Diferente da concorrência, a Alkanza emprega uma metodologia orientada ao objetivo de cada investidor, podendo assim ter um portfólio de investimento único para cada interesse, como aposentadoria, educação, aumento de patrimônio, etc.

O que é interessante é que esta solução pode ser usada isoladamente ou em conjunto com um bom consultor financeiro de sua confiança.

Veja como funciona

Para você entender melhor como funciona um robô advisor, faça uma simulação gratuita. Selecione um objetivo, responda algumas perguntas, e criaremos uma carteira de acordo com o seu perfil e objetivo.

Então você verá quais são os ativos recomendados para você investir, e como são distribuídos no seu portfólio. Aproveita e faça isso agora mesmo, clicando aqui ou nos botões abaixo:

Antes de investir, avalie a importante relação entre risco e retorno

Nota: Esta coluna é mantida pela Alkanza, que contribui para que os leitores do Dinheirama possam ter acesso a conteúdo gratuito de qualidade.

Alkanza
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários