28 mar Investimentos

Compra e venda de ouro usado: dinheiro rápido e sem perguntas

Como comprar e vender ouro usado? Conheça as vantagens, os critérios, riscos e as características da compra e venda de ouro usado.

por Nuno Ribeiro
há 2 anos

Compra e venda de ouro usado: dinheiro rápido e sem perguntasMuito por culpa da crise que se instalou e veio para ficar, a negociação de ouro é uma das que mais tem crescido nos últimos anos. Principalmente nos mercados internacionais, os investidores faturam como nunca e, da mesma forma, as lojas abertas ao público tornaram-se uma fantástica forma de conseguir realizar dinheiro de forma fácil e rápida, sem grandes perguntas ou provas.

Os investidores sentem uma necessidade extra de diminuir os riscos dos seus investimentos, não só por uma questão de lucro, como também por segurança. É exatamente nesse patamar que entra o ouro, uma reserva de valor que atravessa um período favorável de grande procura – o que resulta numa constante e contínua valorização em todo o mundo.

Se por um lado os investidores menores afastam-se deste mercado[bb], por outro lado os de grande dimensão veem neste negócio uma excelente forma de conseguir aumentar o seu patrimônio. Isso se dá, entre outras coisas, por conta das necessidades dos cidadãos que sentem dificuldades econômicas e que tem, na venda de ouro, uma excelente forma de fazer dinheiro rápido.

Vender ouro, dinheiro rápido e sem perguntas
Salvo raras exceções, são muitos os investidores que recorrem a poucas questões para comprar ouro usado, tornando-se assim extremamente fácil de conseguir dinheiro rápido e fácil para uma eventualidade.

Assim, dado que o crescimento do negócio de compra e venda de ouro usado em Portugal (de onde escrevo) e no mundo cresceu exponencialmente nos últimos anos, conseguir dinheiro rápido e sem perguntas através da venda de alguns dos seus pertences sem uso (em ouro) tornou-se cada vez mais fácil.

Uma das grandes vantagens é que este é um ativo que tem liquidez em todo o mundo, isto é, os investidores podem operar no mercado nacional, salvando muitas famílias da bancarota, mas também vender mais tarde em outros países, já que este pode ser comercializado de forma universal, desde que respeitando legislações locais.

Procedimentos na venda de ouro usado
Alguns dos procedimentos básicos na venda do ouro usado referem-se ao comprador. Ou seja, é importante vender o seu ouro usado apenas a compradores credenciados e sempre dentro da lei, já que uma venda fora da lei poderá trazer-lhe um sem número de problemas. Por outro lado, saber vender é essencial: você deve conhecer os valores do mercado atual para que todo o procedimento seja feito de forma correta e para que ninguém ganhe de forma desonesta.

Apesar de ser um negócio bastante rentável, a venda de ouro[bb] usado deve ser feita apenas em situações extremas e, sempre que possível, com peças sem grande história, já que vender uma peça de família pode significar grande desgosto no futuro. Assim, aconselhamos sempre a venda a um comprador que possa mais tarde voltar a vender a peça negociada – de forma que seja possível recuperá-la, caso desejado.

Cuidados na venda de ouro usado
Um dos maiores cuidados que devemos ter na venda de ouro usado refere-se ao seu valor. Como ninguém gosta de ser enganado, é preciso conhecer os critérios de avaliação para conseguir prever qual será o valor da venda e, posteriormente, qual será o lucro obtido a partir dessa venda.

No que diz respeito aos critérios de avaliação, destacamos o tipo de peça, a antiguidade, o peso da peça em si, o estado de conservação e a pureza do ouro. Sem estes dados, é impossível definir um valor para a venda. Atenção também à negociação em si, já que uma pessoa em desespero aceita praticamente tudo o que lhe é oferecido, o que pode resultar num prejuízo enorme.

Em suma, os procedimentos e cuidados a ter na venda de ouro usado referem-se à legalidade da negociação, sendo sempre aconselhável procurar uma empresa especializada para a venda do material e avaliação do valor da peça. Além disso, é importante ter sempre em conta a cotação atual do ouro, que varia diariamente.

O amigo Conrado Navarro escreveu um artigo detalhando melhor como é possível comprar e vender ouro no Brasil, inclusive citando procedimentos e aspectos legais. Clique e leia “Como investir e comprar ouro sem ter muito dinheiro”. Até a próxima.

Foto de sxc.hu.

Importante: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.
  • Allan Ct

    É aquela história, “enquanto uns choram eu vendo lenços…”, frase de alguém, em alguma crise mundial. O que destaco, é como uns conseguem se “aproveitar” de uma situação difícil para alguns, e consegue fazer com que ela torne-se favorável a ele. Que ele consiga lucrar com tal situação. – não que sempre que uma pessoa venda ouro seja por necessidades financeiras, endividamento, mas a priori, é isso que acontece.

  • 100000334125441

    A cerca de 01 mês leio todos os dias as matérias que são publicadas. E isso está fazendo eu não desistir de poupar para realizar um sonho. Acho que estou no caminho certo, poupando para conseguir meus objetivos.