Você já deve ter experimentando uma sensação assim em algum momento de sua vida: queria fazer algo, mas não sabia como começar. Então ficou postergando isso por muito tempo, até que um dia, por vontade própria ou por necessidade, foi lá e fez.

Logo depois descobriu que era mais fácil do que pensava, e se arrependeu de não ter feito antes. Isso ocorre porque o passo mais difícil numa nova tarefa é começar. Apenas comece, e o resto fluirá melhor. Essa dica pode ser aplicada em todas as esferas da sua vida, mas vou aplica-la aqui num tipo específico de investimento: ações na bolsa de valores.

Hoje quero te ensinar, de forma simples e objetiva, como comprar uma ação de uma empresa na bolsa de valores. Nada de explicações adicionais, até porque estamos preparando um novo ebook gratuito sobre este assunto e em breve estará disponível para você.

Lembro que é um passo a passo simplificado, para quem nunca comprou uma ação antes.

Passo 1: abrir uma conta numa corretora

Como tenho conta na corretora Rico.com.vc, e sempre trabalhei com eles, portanto vou usá-los como exemplo e também para ilustrar alguns pontos do texto.

Você poderá abrir sua conta pela internet. O processo é simples, bastando preencher alguns dados no site, depois imprimir uns documentos, assinar, fazer um “scanner” das cópias assinadas, e enviar pelo próprio site da corretora.

Fique à vontade para abrir sua conta na corretora que desejar, mas caso queira utilizar a Rico, clique aqui para fazer seu cadastro gratuito.

Passo 2: transferir o dinheiro para comprar as ações

Uma vez que sua conta na corretora estiver ativada, ela funcionará como se fosse uma conta de banco. Você precisará transferir o dinheiro que pretende investir, através de DOC/TED do seu banco para sua conta na corretora.

Dica: não quer pagar DOC/TED? Abra uma conta eletrônica. Vários bancos já disponibilizam esta modalidade de conta, que não cobra tarifas para este tipo de transferência.

Com isso feito, você passa a ter um saldo na conta da corretora, que fica disponível para você comprar as ações. Para quem nunca viu, esta é a tela principal da área de clientes no site da corretora:

Aprenda como comprar uma ação na bolsa de valores

Passo 3: escolher a ação para comprar

 Veja que há um botão laranja na parte superior esquerda da tela anterior escrito “home broker”. Ao apertar este botão, outra tela se abrirá, e ali você terá condições de montar seu painel de ações da bolsa de valores, com as ações que você gosta.

Cada caixinha que você coloca ali mostra a movimentação do mercado (compra e venda, igual a uma feira) das ações que você escolheu. Veja esta tela de exemplo:

Aprenda como comprar uma ação na bolsa de valores

Essas caixinhas se chamam “box de cotação”, e podem ser adicionadas na tela do seu home broker, junto com outras caixinhas, que tem outras funções, e que estão disponíveis através do botão “menu”, na parte superior da tela, ao lado da logomarca da corretora. Explore cada uma das opções deste menu para aprender mais.

Leitura recomendada: Vai vender o carro para investir na bolsa? Leia isso primeiro

Passo 4: enviando a ordem de compra

Observe de perto este box de cotação das ações do Banco Itaú (ITUB4 é o código da ação):

Aprenda como comprar uma ação na bolsa de valores

O valor em cor branca, em texto maior, é o preço da ação no momento. Isso é muito dinâmico, pois durante o funcionamento do pregão (das 10 às 17h), esse preço fica variando, conforme a quantidade de ofertas e demandas de compra e venda.

Observe as duas colunas de preços menores. Do lado esquerdo, pessoas querendo comprar, do lado direito, pessoas querendo vender. Olhando as letras “V” de venda e “C” de compra, parece que escrevi o contrário, mas está certo. É que o box mostra o seu ponto de vista, portanto você vende (esquerda) para quem quer comprar, e compra (direita) de quem quer vender.

Essas duas forças ficam pendendo para um lado e para o outro, e são movidas por expectativas, notícias, conjunturas econômicas internas e externas, e muitas vezes por euforia dos investidores. É um ambiente de alto risco, e que naturalmente proporciona ganhos (e perdas) formidáveis.

Para você comprar uma ação basta apertar o botão “C” no box de cotação. Uma outra caixinha irá aparecer:

Aprenda como comprar uma ação na bolsa de valores

Nela você deve informar a quantidade de ações que quer comprar, o preço que quer pagar, e o sistema calcula o preço que terá que pagar.

Na simulação acima, estamos comprando 100 ações de Banco Itaú (ITUB4) por R$ 29,09 cada uma, totalizando R$ 2.909,00. Após preencher estes campos, basta apertar o botão “Enviar” para que sua “ordem de compra” seja processada pela corretora e enviada para a BM&F Bovespa.

Depois dessa tela ainda aparecerá uma outra, de confirmação, onde você terá que digitar sua senha e poderá ver também os custos de corretagem dessa operação de compra. Cada compra e cada venda que você faz, independente do valor, tem um custo fixo de corretagem a ser pago, além de emolumentos cobrados pela própria BM&F Bovespa.

Leitura recomendada: Entenda o que são os ETF – Exchange Traded Funds

Passo 5: execução da ordem de compra

Feito o envio da ordem, se houver alguém interessado em vender esta quantidade de ações, e no preço que você deseja pagar, sua operação será executada. Isso poderá acontecer imediatamente, ou poderá demorar dias, dependendo do quão próximo ou distante esteja o seu preço de compra do preço que o mercado está trabalhando no momento.

Como faço para vender esta ação que comprei?

O caminho é parecido, mas ao invés de você usar o “box de cotação”, vai usar outra caixinha, chamada “Posição de custódia”, que vai mostrar suas ações.

Basta você procurar o mesmo botãozinho “V” (de venda), que aparece em frente ao código das ações que você possui, e clicar nele. Uma nova caixa, parecida com aquela acima, da ordem de compra, será mostrada, porém com o nome “ordem de venda”.

Basta preencher os dados de forma similar à ordem de compra, e clicar em “Enviar”. Assim que alguém desejar comprar suas ações pelo preço que você quer vender, a ordem será executada.

Conclusão

Como você pôde ver, não é um procedimento complicado, e se resolve praticamente em sua totalidade pela internet. O que pode acontecer é você precisar de alguma ajuda, e neste caso, basta telefonar para o atendimento da corretora (ligação local ou gratuita) e tirar suas dúvidas com eles.

Bônus: o legal da corretora Rico.com.vc é que eles possuem uma forte área educacional, que disponibiliza várias salas online com professores e aulas gratuitas durante todo o pregão da bolsa. Assim, você poderá aprender bastante, e irá se sentir seguro para comprar suas ações. Detalhe: logo após fazer seu cadastro no site você já tem acesso às salas.

Agora, como falei no início, é partir para a ação (nos dois sentidos). Desejo bons investimentos e deixo um abraço! Até a próxima!

Leitura recomendada: Conheça a série inédita: Vencendo na Bolsa, com Leandro

Giovanni Coutinho
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários